quinta-feira , 9 julho 2020

A volta da pochete


Há pouco tempo escrevi aqui mesmo sobre o vai e vem da moda, aquilo que foi must vai virar brega e algum tempo depois, levemente repaginada, vai ser tendência outra vez. Acredito que nenhuma década tenha sido tão marcante para a moda como os anos 80, para o bem e para o mal. Quem não se lembra dos cabelos Chitãozinho e Xororó, ombreiras, maquiagem pesada, brilho e mais brilho e, claro, as terríveis pochetes. Foi uma década em que o máximo da moda, menos é mais, não se aplicava de jeito nenhum.

Pois bem, três décadas depois, ao que tudo indica, os anos 80 estão de volta (que medo!). Eu sou super a favor de que voltem muitas coisas dos anos 80, o chocolete Surpresa, o pirulito Zorro, as músicas (ahhhhh, que saudade de quando tocava rock pop nas rádios…), porém, contudo, entretanto, tenho que admitir que a moda oitentista é uma coisa, digamos assim, over né… Maaaaaas, as passarelas mundo afora parecem não concordar e querem que as tendências dessa época voltem para as ruas.

Paris, Milão, Nova Iorque, São Paulo… as grandes marcas que desfilam em todas essas fashion weeks apresentaram peças 80’s.

Sabe aquele casaco de veludo da sua mãe?! Pois tire do guarda-roupas e coloque no sol porque o veludo vai voltar para as ruas, não só como tecido principal de roupas, mas também em outros adornos e até mesmo sapatos. O brilho também tá de volta, nada de pretinho básico.

Agora preparem-se, porque também estão de volta:

Pausa dramática.

As temidas ombreiras e a famigerada pochete. Siiiiiiim pessoas, elas apareceram nas semanas de moda, e algumas it girls mundo afora já foram vistas usando esses looks e acessórios. Tudo bem que elas foram repaginadas, as roupas com foco nos ombros não estão tão Didi Mocó, estão mais discretas, e as pochetes estão com um design mais moderno.

Agora resta esperar para ver se essa nova moda velha vai mesmo sair das passarelas e tomar conta das ruas, eu particularmente acho difícil aderir às ombreiras, mesmo repaginadas… é feio, gente. A pochete, um dia, talvez, quem sabe, pra ir num show ou festival até role, mas como a gente nunca sabe já vou pedir pra minha mãe tirar as roupas dela e da minha irmã do armário, e torcer (muito) para que a moda anos 80 volte também no cenário musical!

*Karol Dias é formada em jornalismo pela PUC-Campinas e fez curso de moda com Maria Prata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *