Publicidade
Fotos: Ale D Ribeiro

O artista plástico Marcelo Abuchalla realiza nesta semana oficinas do projeto cultural “A Memória, o Tempo e o Stencil”. A proposta é fomentar a técnica do Stencil e ressaltar o patrimônio do município, incluindo elementos decorativos como pisos, paredes, tampas de bueiros, frisos e estênceis, valorizando os 150 anos de Poços.

A intenção é envolver toda a comunidade escolar. Por isso, foram escolhidas escolas em que todos os alunos pudessem ter acesso às oficinas, priorizando em especial a zona rural e bairros decentralizados.

As ações acontecem terça-feira (28), no CEI Municipal Cata-Vento Prof. Elizabeth de Oliveira, Jardim Kennedy; quarta (29) e quinta-feira (30) na Escola Municipal Raphael Sanches, zona rural, e sexta-feira (1°) na Escola Municipal Prof. Carmélia de Castro, zona rural.

A proposta pretende despertar para a importância de se preservar o patrimônio, instigando o conhecimento e resgatando valores culturais, de forma a fortalecer a cidade, a comunidade e os diferentes espaços e regiões de Poços de Caldas, mantendo viva a diversidade cultural de Poços e a memória do seu povo.

Neste sentido, as intervenções também devem extrapolar os muros das escolas, fazendo com que o objeto fruto do desenvolvimento das oficinas seja levado para a comunidade, destacando o olhar e habilidades de cada um dos participantes, tornando a arte integrada com a cidade, indo além do ambiente escolar.

“Quando estava formatando o processo do projeto, pensei em trabalhar com as escolas do entorno do centro histórico da cidade, depois do projeto aprovado, prestei atenção na minha proposta e entendi que não adianta trazer um projeto que vai falar de patrimônio e história para o centro da cidade, porque o aluno destas escolas já tem oportunidade de conviver diariamente com os prédios e com o patrimônio, e os alunos que estão na zona rural e em regiões mais afastadas, não tem esse convívio. Então foi feita a alteração para atender escolas onde os alunos não tem acesso, sendo que, após contatá-las as próprias diretoras das escolas confirmaram que atividades extracurriculares nos moldes propostas praticamente não chegam até eles, o que confirma a necessidade de execução da proposta”, afirma Abuchalla.

As ações são viabilizadas com patrocínio da Prefeitura de Poços / Secretaria Municipal de Cultura e contam com apoio da Secretaria Municipal de Educação, Carvalho Agência Cultural e da empresa BR Construtora.

Publicidade

Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.