Publicidade

A tradicional Festa de São Benedita foi cancelada pelo terceiro ano consecutivo. Porém, desta vez serão mantidas as manifestações culturais e religiosas.

Os dois primeiros cancelamentos ocorreram em razão da pandemia de covid-19 e o atual por falta de tempo hábil para questões legais. A informação foi divulgada pela Paróquia Nossa Senhora Aparecida, responsável pela organização, no último final de semana.

A paróquia explicou que, para a realização de um evento de grande porte como a Festa de São Benedito, é necessário atender a uma série de requisitos legais, de segurança e de saúde.

Foram destacados os principais pontos que tornam a festa inviável neste momento: a falta de tempo para a montagem das estruturas atendendo todas as normas de segurança e obtenção do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros; conseguir todas as liberações necessárias junto aos órgãos competentes; as paróquias da cidade não se organizaram para tratar do assunto e não há certeza se haveria voluntários suficientes para os 13 dias de festa.

Programação cultural e religiosa

A paróquia diz, no entanto, que a data não passará em branco, com a realização de uma trezena e uma carreata no dia 13 de maio, em louvor a São Benedito.

O secretário municipal de Cultura de Poços de Caldas, Gustavo Dutra, informou ao Poços Já que a Secult está desde fevereiro organizando as ações culturais junto à Associação dos Ternos de Congos e Caiapós.

Haverá procissão no dia 3 de maio, Dia de Santa Cruz, em formato de carreata. No dia 11 está mantida a retirada dos caiapós do mato e no dia 13 a missa conga, que será campal, realizada na lateral da igreja. “Vamos discutir a liturgia com a igreja, para identificar bem a participação dos congos, com as músicas, com os cânticos durante a missa”, informou o secretário.

Publicidade

Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.