Carol Sanzhez e Pedro Cezar estão entre os homenageados (fotos: Rossmaly Alves de Moraes Borges)

Começa amanhã (13) a visita virtual guiada, com maquete 3D, da exposição Produto Disruptivo, realizada pela artista plástica Dalmoni Lydijusse. Interessados podem conferir as obras no canal da galeria Arte Ziriguidum no Youtube.

A maquete eletrônica estará disponível às 13h de terça-feira e simula com realismo a exposição. “O ambiente gráfico-computacional dá a sensação de você estar dentro da sala, como se estivesse lá, você pode ler os textos ou se aproximar dos detalhes da pintura”, diz Heloise Cristine, que junto de Vivyane de Oliveira criou a maquete 3D. A trilha sonora é de Deivid Santos, músico e produtor de Poços de Caldas.

Visitas virtuais guiadas pela própria artista também podem ser vistas, com os comentários dela sobre as obras e o processo de criação. O motivo da inovação é a importância de  garantir a acessibilidade do público à exposição, devido às medidas de prevenção à covid-19.

Quem quiser visitar presencialmente pode agendar a visita pelos telefones (35) 99194-3534 ou 3715-3534. A galeria fica na rua Ouro Preto, 102.

Live

A última live de bate-papo está marcada para terça-feira, às 20h, quando Dalmoni conversa com o músico e produtor cultural Pedro Cezar, com transmissão pelo Instagram do Arte Ziriguidum (@arteziriguidum). Todas as lives, feitas com cada um dos participantes, também estão disponíveis no Youtube.

Sobre a exposição

A exposição ‘Produto Disruptivo’ traz nove retratos em pinturas criadas pela artista plástica e nove textos escritos pelas pessoas retratadas. De acordo com a galeria, a experiência subjetiva desse encontro das duas linguagens, a leitura da imagem, mais a leitura do texto, tem levado o público a uma experiência da imaginação. A curadoria foi feita pela arquiteta e urbanista Esther Cervini.

São retratadas as seguintes personalidades: Carol Coutinho é psicóloga, analista institucional, esquizoanalista e psicanalista; Carol Sanchez era doutora e mestre em medicina veterinária; Pedro Cezar é músico, produtor e gestor cultural; Tita (Maria José de Souza) é pesquisadora na área de humanas; Beatriz Sales da Silva é pedagoga, doutora e mestre em educação; Tomiko Born é assistente social, referência no país em gerontologia; Rafael Zanetti é estudante de arquitetura e urbanismo; e Teresa Mesquita é educadora. 

O trabalho é viabilizado com recursos da Lei Aldir Blanc no âmbito do estado de Minas Gerais, Edital LAB nº 15/2020 – Seleção de Espaços Culturais de Apresentação Artística. A proposta conta com o apoio financeiro da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais e do Governo Federal, através da Secretaria Especial da Cultura / Ministério do Turismo, em produção conjunta do Arte Ziriguidum e da Carvalho Agência Cultural.

Publicidade

Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.