Em tempos de isolamento social, gestos de amor fazem toda a diferença. Os artistas da Oficina da Terra Art Studio levaram arte para as casas dos idosos atendidos pelo Serviço de Obras Sociais (SOS Poços de Caldas). A ação, iniciada em março, faz parte do projeto Bengala Cultural, realizado através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Poços de Caldas (LMIC), com o patrocínio das empresas Donato Hospital de Olhos e Climepe Total.

Serenata emocionou os atendidos pelo projeto (foto: Kaique Caliari)

O projeto foi realizado voluntariamente em asilos pela equipe formada por Anderson Almeida, Rosana Lovato, Kaique Caliari e Bibi Rodriguez. Em 2019 passou a ser apoiado pela LMIC e desenvolvido junto ao Grupo de Convivência do SOS. Rosana conta que o Bengala Cultural foi pensado para beneficiar pessoas na terceira idade com atividades culturais das mais diversas áreas e oferecer ações interativas para grupos de pessoas ou comunidades que pouco ou nada eram atendidos pelos projetos culturais do município.

Com o advento da pandemia, o projeto não pôde acontecer no espaço da entidade, então a equipe decidiu levar para a casa de cada um dos participantes as atividades culturais programadas. Desde março os idosos recebem cinema, artes plásticas, poesia e música no conforto do lar e sem correr riscos à saúde. Em setembro, por exemplo, foram surpreendidos com uma serenata composta por músicas que marcaram a história de cada um dos beneficiados. “Como nos conhecemos desde o ano passado, conseguimos fazer um repertorio especial para a ocasião e que emocionou a todos”, afirma Anderson.

O projeto encerra suas atividades este mês com um mini documentário que reúne depoimentos dos participantes e as reações ao receberem arte e cultura no portão de casa. O vídeo estará disponível no blog.

Publicidade

Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.