A Cia. de Teatro Conscius Dementia lança, neste fim de semana, dois espetáculos online. As apresentações ocorrem ao vivo, por meio da plataforma Zoom, e os ingressos são gratuitos.

Eu sinto, muito

A primeira estreia, que ocorre às 20h de sexta-feira (14), é da produção “Eu sinto, muito”. Três atores se unem para falar de amor e medo. Logo na primeira cena, convidam a plateia a uma reflexão: você já sentiu hoje?

O espetáculo aborda sentimentos que ficam mais intensos durante a pandemia: o medo de morrer, o medo de perder alguém, de ficar doente, de nunca mais voltar aos palcos, medo das incertezas que esse período revela. Do outro lado, coexistindo, o amor que aproxima e fortalece para encarar o medo, e a coragem. Coragem para chorar, para amar, para sentir medo, para (r)existir.

Perfeita imperfeição

O segundo trabalho, “Perfeita Imperfeição”, será lançado no domingo (16), às 20h. As atrizes levantam questões acerca do amor próprio começando com uma reflexão para a plateia: “a primeira coisa que a gente deveria aprender na vida é se amar. Você se ama?”

Em forma de reconciliação com seu próprio eu, cada atriz reflete sobre suas marcas físicas e psicológicas, sobre cada ponto que faz parte da sua construção como ser humano, e convida o público a refletir. A partir do amor próprio, se abrem para amar o outro, para aceitar os defeitos e qualidades que são inerentes a todos seres humanos. “Somos formados por essa personalidade imperfeita – sou a perfeição na imperfeição”, reflete uma atriz.

Isolamento

As produções foram integralmente construídas de forma online. Cada integrante ensaiou e em sua casa, onde acontecem também as apresentações. Os sete atores da companhia não se encontram pessoalmente desde o dia 12 de março.

Os dois espetáculos são dirigidos por Larissa Garcia e William Moreira, que assinam também a compilação da dramaturgia e a trilha sonora. Os outros integrantes do grupo alternam nas duas peças entre atuação e técnica, sendo eles Camila Ribeiro, Danielle Marques, Gabriela Severini, Lucas Souza e Rafaela Jacon Dutra.

Ingressos

Os ingressos podem ser reservados de forma gratuita pela plataforma Sympla, pois o projeto tem patrocínio da Prefeitura Municipal de Poços de Caldas, por meio do festival “Poços curte em casa”, e apoio do Armarim Cotta.

Até o fechamento desta reportagem ainda havia ingressos para “Perfeita Imperfeição” (clique aqui para reservar), mas os convites para “Eu sinto, muito” já estavam esgotados.

Publicidade

Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.