O sábado começa bem cedo, às 6h, para a família da Vera Oliveira, ou “Tia Vera”. Depois de deixar tudo preparado no dia anterior, é hora de cozinhar a feijoada para garantir a renda durante a pandemia.

As coisas ficaram difíceis quando ela e o marido, Claudinei Oliveira, o “Tio Nei”, tiveram os serviços paralisados por conta da pandemia de covid-19. Eles trabalham com transporte escolar há quase sete anos e já precisavam vender frutas congeladas para complementar a renda.

Família acorda cedo para preparar feijoada (foto: arquivo pessoal)

Diante das dificuldades, o jeito foi começar a vender feijoada. A receita da “Tia Vera” sempre foi elogiada pela família e, há cerca de um mês, faz sucesso fora de casa. Vendida sempre nos almoços de sábado, custa apenas R$ 10, sem contar a taxa de entrega.

Nós experimentamos a feijoada nessa que é mais uma reportagem da série “Poços Já Experimenta – Delivery”. Quem quiser pedir essa delícia pode entrar em contato pelo número (35) 9.8834-9896.

A feijoada é completa: arroz, couve refogada, farofa, laranja e muita carne! Tem linguiça calabresa, paio, lombo de porco, pé de porco e costelinha, com um tempero leve e agradável. Vale a pena experimentar e, quem sabe, virar freguês!

Poços Já Experimenta

A série “Poços Já Experimenta – Delivery” tem como objetivo auxiliar o comércio local e incentivar que a população continue em casa durante a pandemia. Quem quiser participar e divulgar o próprio negócio, gratuitamente, pode entrar em contato pelas redes sociais do Poços Já ou pelo WhatsApp (35) 9700-8218.

 

Publicidade

Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.