Publicidade

A revista Seleções Carnavalescas, publicada ininterruptamente desde 1952, chega à 62ª edição em 2014. Dessa forma, os foliões têm à mão um conteúdo voltado exclusivamente para a programação do Carnaval.

Esta é uma das mais antigas publicações sobre Carnaval do Brasil. Tudo começou com Décio Alves de Morais e Alexandre Xandó, pioneiros no jornalismo local. “A nossa ideia era oferecer ao turista amigo e visitante uma pequena lembrança do que era o Carnaval de Poços de Caldas”, lembra Décio.

A publicação inicialmente era uma coletânea com as letras das marchinhas de Carnaval. Mas o sucesso da revista impulsionou o crescimento, com foco na Folia em Poços de Caldas e um trabalho jornalístico completo sobre o tema a cada ano.
O periódico acompanhou a história do Carnaval. Por meio das páginas de todas essas edições é possível observar, por exemplo, a transformação dos blocos carnavalescos em escolas de samba.

A evolução das artes gráficas também é clara na história da Seleções. Na década de 90, a impressão em cores deixou tudo com a cara do Carnaval. As páginas passaram a retratar toda a energia das cores fortes da avenida.

Décio transferiu às gerações seguintes o amor pelo Carnaval. Atualmente, a revista é produzida pela filha Rossmaly Borges e seu marido Paulo Celso Borges, além do neto Juliano Borges. A equipe acompanha o trabalho das agremiações e os principais eventos carnavalescos, da eleição da Rainha e do Rei Momo até o desfile das escolas de samba. “Nós gostamos de captar os melhores ângulos do Carnaval. A Seleções acompanha toda essa história e sentimos muito orgulho disso”, disse Rossmaly.

 

Publicidade

Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.