Publicidade

A Polícia Civil desencadeou, na manhã desta sexta-feira (6), a Operação Multiverso, para combater o tráfico de drogas em Poços de Caldas. As investigações apontam que os traficantes trabalhavam principalmente com o sistema de entrega a domicílio.

Publicidade

De acordo com o delegado Cleyson Rodrigo Brene, da Agência de Inteligência, as investigações começaram em janeiro deste ano e a forma de agir dos investigados levou ao nome da operação. “A denominação Multiverso está relacionada às várias frentes defendidas pelos investigados, que se encontram em determinado momento para realizar esse tráfico na modalidade de delivery, onde os usuários fazem contatos telefônicos e recebem as drogas em diversas partes da cidade, porém em algum momento da investigação eles se encontram”.

A operação começou às 6h, com a participação de 20 policiais de Poços e região. Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e outros três de prisão temporária de 30 dias. Os policiais ainda lavraram autos de prisão em flagrante contra os presos temporários, já que eles tinham drogas quando foram localizados. Todos já possuíam passagens pela polícia.

“São indivíduos já com passagens por tráfico de drogas, alguns atuavam na avenida Ubirajara Machado de Moraes, durante muito tempo, aproximadamente 10 anos, outro participou do tráfico de drogas no bairro Santa Rosália e apreendido enquanto ainda era adolescente na Operação La Santuzza, em 2020”, destaca o delegado.

A maior quantidade de drogas estava em uma casa no bairro Vila Nova. No local foram recolhidos mais de 5 quilos de crack e cocaína.

Os trabalhos da operação seguiram ao longo do dia. Duas pessoas ainda não foram localizadas e são consideradas foragidas.


Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.