Uma agência de viagens de Poços de Caldas tem sido acusada, nas redes sociais, de realizar golpes. O caso já chegou até a Polícia Civil, que instaurou um inquérito para apurar as denúncias.

Publicidade

De acordo com as publicações das redes sociais, a empresa atuava em um centro de compras da área central vendendo passagens aéreas, hospedagens e pacotes. Porém, deixava clientes sem suas viagens. Algumas dessas viagens teriam sido contratadas ainda em 2020.

Os relatos apontam que, ao procurar a agência, os clientes não localizaram a loja aberta ou a proprietária. Há relatos que cerca de 30 a 50 pessoas teriam sido lesadas.

A reportagem do Poços Já entrou em contato com a Polícia Civil, que informou que instaurou um inquérito para apurar as denúncias. Não foi informado o número de boletins de ocorrência registrados, mas a informação é de que o número de registros seria inferior ao de casos.

Segundo informações extraoficiais, um advogado teria entrado em contato com algumas vítimas para tentar um acordo, o que faz com que a Polícia Civil ainda avalie se realmente trata-se de golpe. A orientação é para os clientes lesados procurarem a delegacia.


Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.