A Polícia Civil de Minas Gerais identificou a nona e a décima vítimas da tragédia de Capitólio na manhã desta segunda-feira (10). Rodrigo Alves dos Anjos, de 40 anos, era piloto da lancha esmagada por parte do cânion que desmoronou. Também foi identificada Carmem Pinheiro da Silva, de 43 anos, natural de Cajamar, em São Paulo.

Publicidade

Com a identificação dos últimos dois corpos a Polícia Civil conclui, com o apoio da Polícia Federal, a identificação dos 10 mortos na tragédia. Eles estavam todos na mesma embarcação.

Investigação
A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as circunstâncias da tragédia em Capitólio. A informação foi divulgada pelo delegado Marcos Pimenta, da regional da Delegacia em Passos nesta segunda-feira. Um geólogo especialista está auxiliando no inquérito.
“Está previsto durante esta semana uma equipe de delegados, investigadores e peritos criminais irem às imediações dos cânions com aeronaves, drones e embarcações. Nossa ideia, nosso objetivo, será estudar o local e averiguar se, nas imediações, também há outras pedras com essas características visando, juntamente com Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Marinha e outros órgãos de fiscalização, a criação de uma saída para que outras pedras não consigam atingir aquela região, que é uma região rica do turismo e é um presente de Minas”, pontua o delegado.

Veja abaixo quem são as 10 vítimas:

Julio Borges Antunes, 68 anos, natural de Alpinópolis

Maycon Douglas de Osti, 24 anos, nascido em Campinas

Camila da Silva Machado, 18 anos, nascida em Paulínia

Sebastião Teixeira da Silva, 64 anos, natural de Anhumas

Marlene Augusta Teixeira da Silva, 57 anos, natural de Itaú de Minas

Geovany Teixeira da Silva, de 37 anos, natural de Itaú de Minas

Geovany Gabriel Oliveira da Silva, 14 anos, natural de Alfenas

Thiago Teixeira da Silva Nascimento, 35 anos, natural de Passos

Rodrigo Alves dos Anjos, 40 anos, nascido em Betim

Carmem Pinheiro da Silva, de 43 anos era natural de Cajamar, em São Paulo


Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.