O aumento no valor da passagem do transporte público, que começou a valer nesta quinta-feira (18), foi definido a partir do subsídio de R$ 300 mil mensais por parte da Prefeitura de Poços de Caldas. O repasse ainda precisa ser aprovado pela Câmara.

Caso os vereadores votem contra o subsídio, a tarifa deve chegar a R$ 5. Atualmente, o preço é de R$ 4,75 no pagamento em dinheiro e R$ 4,50 no Cartão Amigo.

O aumento ocorreu após a assinatura do quinto contrato emergencial com a empresa Auto Onmibus Circullare. O valor proposto inicialmente pela empresa era de R$ 6,08, com a justificativa de aumento no custo do diesel. O contrato prevê ainda a recontratação de 23 motoristas e mais 240 horários por dia em diversas linhas, com implantação gradativa, inclusive aos sábados e domingos.


Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.