Publicidade

Um motorista de aplicativo foi preso na terça-feira (21), após omitir socorro a um motociclista na avenida José Remígio Prézia. Mesmo com a vítima ferida, ele foi embora para providenciar o reparo do seu veículo.

Publicidade
ANALISA CAR
ANALISA CAR
ANALISA CAR
ANALISA CAR

A Polícia Militar soube do caso quando o mototaxista Vinícius Carlo Jeronimo, de 32 anos, deu entrada na Santa Casa de Poços, socorrido pelo Samu. Ele contou aos policiais que passava pela avenida José Remígio Prézia, sentido bairro, na faixa da esquerda, quando foi atingido por um carro e caiu. O motorista do carro foi embora e populares chamaram o Samu.

Vinícius sofreu fraturas em ambos os braços e ainda será operado (foto: arquivo pessoal)

O condutor do carro, de 27 anos, foi encontrado pela Polícia Militar e preso em flagrante por omissão de socorro. Ele alegou que não parou porque olhou pelo retrovisor e viu o motociclista se levantar, entendendo que estava bem. Ele ainda disse que deixou o carro em uma funilaria, para conserto.

A moto foi entregue à esposa da vítima, com diversos danos. Após os procedimentos médicos ficou constatado que Vinícius teve fratura de punho no braço direito e de antebraço e cotovelo, no esquerdo. Ele será submetido a uma cirurgia e pode ter sequelas que limitem o movimento dos braços.


Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.