Publicidade

Manifestantes de Poços de Caldas marcaram para a manhã de quarta-feira (21) um ato contra a incineração do lixo e em defesa da coleta seletiva. Às 10h, na porta da Câmara Municipal, o grupo fará um ato público para chamar a atenção das autoridades contra o edital de Chamada Pública 1/2021, do Ministério do Meio Ambiente – Programa Lixão Zero.

Publicidade

O objeto do edital é a destinação de R$ 100 milhões para incinerar o lixo em Minas Gerais, por meio da implantação de usinas para produção de Combustível Derivado de Resíduos (CDR). Ambientalistas afirmam que essa medida, se implantada, trará prejuízos irreparáveis para o meio ambiente e para a saúde da população.

O grupo pede a imediata suspensão e revisão do edital de chamada pública do Ministério de Meio Ambiente referente à seleção de projetos de gestão de resíduos sólidos a serem executados por Consórcios Públicos situados no Estado de Minas Gerais. O ato é organizado pelo Movimento Minas Gerais contra a Incineração, do qual fazem parte 163 entidades e representantes.


Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.