Publicidade

A Polícia Militar de Poços de Caldas registrou, somente na quarta-feira (20), quatro boletins de ocorrência por estelionato. O prejuízo total é de mais de R$ 3 mil.

Publicidade

O primeiro registro foi feito por um homem de 25 anos. Ele contou que na terça-feira recebeu uma mensagem no aplicativo WhastApp de um tio pedindo empréstimo. Acreditando se tratar do familiar, ele fez um depósito de R$ 150 em uma conta indicada e só depois descobriu que o número do tio havia sido clonado.

Uma mulher de 58 anos caiu no mesmo golpe do WhatsApp clonado e depositou aos estelionatários R$ 800, acreditando estar ajudando uma amiga. Outra mulher, de 47 anos, também registrou um boletim de ocorrência após tentar um empréstimo através do Facebook. Após ver o anúncio ela fez contato, através do WhatsApp, com um rapaz que  ofereceu um empréstimo no valor de R$ 20 mil e disse que seria necessário um depósito no valor de R$ 300, que deveria ser feito até as 11h59min.

Após a confirmação do depósito, o suposto consultor enviou à vítima um comprovante de depósito no valor de R$ 21.269, solicitando outro depósito no valor de R$1.269, pois seu empréstimo era de apenas R$ 20 mil. Por não dispor do valor solicitado, a vítima foi ao banco com intenção de sacar o valor e realizar o depósito, momento em que constatou que o dinheiro do empréstimo não foi depositado e que ela tinha caído em um golpe.

Um idoso de 69 anos também perdeu dinheiro ao tentar quitar um financiamento. Ele usou uma página da internet para contatar o banco e foi direcionado para um contato via WhatsApp. Acreditando estar negociando com a financeira, solicitou um boleto para pagamento das duas últimas parcelas do seu financiamento.

A vítima recebeu os respectivos boletos e efetuou o pagamento no valor de R$1.774,60. Posteriormente foi informada pela financeira que os boletos não foram pagos e percebeu ter sido vítima de um golpe.


Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.