A Prefeitura de Poços de Caldas realizou, na quinta-feira (15), sessão inaugural de concorrência pública para licitação de concessão dos pontos turísticos. Nenhuma empresa demonstrou interesse, fazendo com que a administração reavalie o projeto.

A concessão tem por objeto a delegação de concessão de uso de bens públicos para fins de exploração econômica de atividades turísticas de visitação, bem como serviços dos equipamentos turísticos, incluídas obrigações de gestão, melhorias e operação dos atrativos existentes em formato de Circuito Turísticos Integrado.

A administração pública municipal estimava um investimento inicial em R$ 37 milhões, com o edital concedendo os pontos por 30 anos e um contrato total de R$ 493 milhões. Após aproximadamente 25 minutos de sessão a concorrência foi encerrada, por falta de interessados.


Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.