Um homem encontrou uma ossada que pode ser humana, enquanto construía uma ponte sobre um córrego, na Zona Leste de Poços de Caldas. Os restos mortais foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML).

A Polícia Militar foi acionada no início da tarde da última quarta-feira (14) e foi até a Chácara Porteirinho, no bairro Cachoeirinha, zona rural, para verificar o que poderia ser uma ossada humana, aparentemente de um homem.

O caseiro relatou que estava construindo uma ponte sobre o córrego que fica nos fundos da propriedade e encontrou os restos mortais. O Corpo de Bombeiros foi acionado para remover a ossada. A perícia também esteve no local.

O serviço funerário municipal recolheu os ossos e encaminhou para o IML.

 

A ossada

Após os trabalhos iniciais, a Polícia Civil concluiu que a ossada pertencia a uma pessoa com altura aproximada de 1,70 a 1,76 metros e idade estimada de 40 anos. A vítima usava calça jeans e cueca azul da marca Ralph Lauren.

Informações mais precisas sobre o corpo serão obtidas após a análise da equipe de Antropologia e Odontologia Forense, do Instituto Médico-Legal da Polícia Civil, em Belo Horizonte.

Familiares de pessoas desaparecidas na região com as características informadas, devem procurar a Delegacia de Polícia Civil mais próxima.


Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.