A Polícia Militar identificou e prendeu sete suspeitos de furtos e arrombamentos em Poços de Caldas. Somente entre segunda (28) e terça-feira (29) foram dez casos registrados. Entre os presos há um homem de 37 anos que deveria estar cumprindo prisão domiciliar. Suspeito de envolvimento em outras ocorrências, ele confessou um dos furtos.

Os primeiros arrombamentos foram registrados na segunda-feira, em uma lanchonete e um café do Centro. Nada foi furtado dos estabelecimentos, mas os comerciantes tiveram que arcar com o prejuízo do conserto das portas danificadas. Os criminosos também arrombaram uma loja de chocolates, onde danificaram a porte e levaram mercadorias.

Os responsáveis pela tentativa de furto em uma loja da rua São Paulo foram os primeiros presos. Após a informação do crime equipes do Tático Móvel rastrearam os suspeitos, de 37 e 26 anos. Eles foram reconhecidos através das descrições físicas e das roupas que usavam.

O de 37 anos tem uma vasta ficha policial e inclusive estava nas ruas cumprindo prisão domiciliar. Ele confessou que na última sexta-feira (25) furtou um centro de estética, também no Centro, de onde levou R$250.

A polícia suspeita ainda que ele também seja autor do arrombamento praticado contra uma loja da rua Junqueiras. Câmeras de segurança filmaram a ação.

Duas padarias também estiveram na mira dos ladrões na madrugada de terça-feira. Uma na Cascatinha, onde foram furtados cerca de R$260, e outra no Centro, de onde foi levada uma televisão de 42 polegadas.

A segunda prisão ocorreu na rua Doutor Mario de Paiva, bairro Vila Nova. Um homem de 31 anos confessou a tentativa de furto de uma blusa, mas sem sucesso por não ter conseguido arrombar a porta. Com ele estava um homem de 35 anos, que foi detido como coautor no crime.

Outro caso de tentativa de furto ocorreu em uma escola de idiomas, também do Centro. A janela de vidro da frente do prédio foi quebrada, mas o proprietário acredita que nada foi furtado. Pelas câmeras de segurança é possível ver quando três homens quebram o vidro com uma pedra. Um deles entra na escola mas sai logo em seguida, devido à movimentação na rua. Os suspeitos, com idades de 33, 31 e 28 anos, foram localizados pela PM e levados para a delegacia.

Ainda durante a manhã de terça, o gerente de uma loja do Jardim dos Estados comunicou à PM que o local havia sido arrombado e furtado durante a madrugada, sendo levados dois rolos de mangueiras de 50 metros cada.

O último furto denunciado, já no período da tarde, foi o de uma loja de conveniência que fica em um posto de combustíveis da avenida João Pinheiro. Do local foram levados oito garrafas de uísque e aproximadamente R$ 120 em dinheiro.