Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade

Um homem de 56 anos foi preso por suspeita de ter praticado, nos últimos anos, estupro de vulnerável contra crianças e adolescentes. Ele foi capturado na manhã desta quarta-feira (8), pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em Poços de Caldas. Até o momento, os policiais conseguiram identificar sete vítimas.

Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade

Há alguns dias, a Polícia Civil recebeu a informação por denúncia anônima, de que o homem teria abusado sexualmente de uma jovem portadora de necessidades especiais, dentro de uma Organização Não Governamental (ONG) onde o acusado trabalhava. Os policiais civis da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em Poços de Caldas verificaram a informação e ouviram as testemunhas. Constataram que o suspeito teria abusado não só da jovem portadora de necessidades especiais, mas também de várias outras mulheres, grande parte crianças e adolescentes. Todas as vítimas ouvidas confirmaram os abusos sofridos.

Após a apuração dos fatos, foi expedido um mandado de prisão contra o homem. O acusado fugiu de Poços de Caldas e foi considerado foragido. Contudo, a Polícia Civil prosseguiu com as investigações e identificou que ele estaria escondido em um sítio, na zona rural de São Sebastião da Grama (SP).

Na manhã desta quarta-feira (8), o delegado Hernanni Perez Vaz e os investigadores Paulo Silva, Marcos Paulo, Milan e Filipe compareceram ao local, onde o suspeito foi localizado e preso.

O homem foi ouvido na Delegacia Regional de Polícia Civil em Poços de Caldas e, em seguida, foi encaminhado ao Sistema Prisional, onde ficará à disposição da Justiça.


Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.