Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade

O motorista Leonardo Benedito Fernandes dos Santos, de 40 anos, que se envolveu em um grave acidente no final de maio, teve alta hospitalar nesta quinta-feira (25), após quase um mês internado.

Leonardo retornava de um processo seletivo no hospital quando sofreu o acidente (foto: divulgação)
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade

Leonardo deixou as dependências da Santa Casa agradecendo o tratamento, inclusive por vídeo. Vale lembrar que 29 dias atrás ele deu entrada com perda de massa encefálica e passou por cirurgia. Foram 16 dias na UTI e a recuperação aconteceu de maneira surpreendente, aparentemente sem deixar sequelas.

“Queria agradecer toda a equipe, porque sem eles eu não estaria seguindo esses passos. Estou pronto para ir para casa, só Deus mesmo. Vou deixar para trás o que passou e seguir minha vida”, disse Leonardo.

Fato curioso que ainda não tinha sido divulgado é que o motorista estava passando pelo local do acidente após ter deixado a Santa Casa, onde participou de um processo seletivo.mA médica da CTI da Santa Casa, Natália Nacarato, considerou o caso de Leonardo um verdadeiro milagre. “Hoje recebemos essa notícia muito feliz que o Leonardo está indo para casa. Ficamos muito gratos e felizes de termos participado do processo de tratamento dele. Gostaria de agradecer a toda equipe multidisciplinar que ajudou no tratamento dele. Sabemos que foi um milagre, que o que a gente fez foi muito importante no período crítico, mas que também é uma pequena parte do tratamento. Estamos muito contentes com o resultado e esperamos que daqui para frente ele continue sua melhora. Nós temos muito carinho com todos nossos pacientes e, com certeza, a gente se esforça para ter o melhor resultado sempre. Então, ficamos muito felizes de fazer parte desse pequeno fragmento da vida do Leonardo”, diz Natália.

A esposa de Leonardo, Talita Cristina Gomes Franco, agradece ao empenho de toda equipe do hospital na luta para salvar a vida de seu marido. “Eu só tenho a agradecer o que a Santa Casa fez pelo Leonardo, a equipe médica, a coordenação. Nós recebemos todo o apoio possível aqui na Santa Casa, foi maravilhosa a forma que fomos tratados. Ele chegou aqui em estado gravíssimo, com a chance de sobrevivência mínima, mas em nenhum momento a equipe desistiu dele. Investiram tudo que a medicina podia fazer por ele. Claro que a gente agradece a Deus, que nos fortaleceu e nos deu força para conseguir chegar onde chegamos, mas fica também a gratidão eterna com a Santa Casa de Poços”, relata Cristina.

Relembre o caso clicando aqui.

Publicidade