Prefeito e autoridades inauguraram, no final da tarde de sexta-feira (5), Dia Mundial do Meio Ambiente, a Estação de Tratamento de Esgoto ETE 1. A solenidade contou com um número reduzido de convidados, devido à pandemia de covid-19.

Obra foi orçada em R$15 milhões (fotos: Juliano Borges/Poços Já)
Publicidade

Com a conclusão da obra, Poços de Caldas passa a ter 100% do esgoto tratado. O prefeito Sérgio Azevedo destacou que o término dos trabalhos somente foi possível graças aos funcionários do Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE), para os quais ele pediu uma salva de palmas durante o evento.

“Desde o início, quando foi feito o licenciamento ambiental, passaram-se 23 anos. Passou por quatro, cinco prefeitos, e passaria por nós se não tivéssemos tomado a decisão de romper o contrato com a empresa responsável pela obra e trazer para os próprios funcionários do DMAE concluir. Então, fica o nosso reconhecimento a estes profissionais. Deixo também o meu agradecimento aos outros prefeitos. Cada um, dentro do seu mandato, procurou fazer o que era possível. É, portanto, uma obra coletiva, de vários governos, e que se conclui agora no meu mandato. Estou muito feliz por isso”.

Inauguração simbólica foi realizada na sexta-feira

O prefeito lembrou que, com a ETE1, Poços passa a ter um saneamento universalizado. “Poucas cidades têm a condição de ter 100% de seu esgoto tratado. E não só isso, temos esgoto coletado, água tratada e coleta de lixo em 100% da cidade”.

O ex-prefeito e diretor do DMAE, Paulo César Silva, ressaltou o passivo ambiental gerado pela cidade antes da obra. “Pela topografia da cidade não recebemos um litro de esgoto de nenhum município, mas geramos esgoto aqui. Esse resíduo era lançado in natura no rio Lambari, desaguando no Rio Pardo e indo para o estado de São Paulo, inclusive comprometendo a represa de Caconde. É um marco para Poços de Caldas e uma referência para Minas e para o Brasil.

A ETE 1

A ETE 1, localizada no bairro Córrego D´antas, ocupa um espaço de aproximadamente 100 mil quadrados de área total e 9.500 metros quadrados de obra construída, onde estão instalados quatro reatores com quatro células cada, a Central de Desidratação do Lodo e o Laboratório.

Laboratório da ETE 1

Orçada em aproximadamente R$ 15 milhões, entre obras e equipamentos,  com financiamento da Caixa Econômica Federal e recursos do próprio DMAE, a estação conta ainda com queimadores de gases para evitar que os odores alcancem a comunidade próxima, além da cortina arbórea formada por mais de duas mil árvores plantadas no entorno, seguindo normas legais determinadas pela Superintendência Regional do Meio Ambiente (Supram).

Histórico

1997-  A prefeitura realiza um estudo de concepção de um projeto básico e licenciamento ambiental, seguindo o Plano Diretor de Água e Esgoto da época. Prefeito Geraldo Thadeu Pedreira dos Santos – Diretor do DMAE Luiz Antonio Fonseca;

2004 – Realizada a assinatura para a construção da ETE 1-  Prefeito Paulo Tadeu Silva D’Arcádia – Diretor do DMAE Tarcísio Teotônio de Loyola;

2007 – Inicio das obras em maio. A 1ª empreiteira contratada abandonou os trabalhos em janeiro de 2010, sendo acionada pela prefeitura e com a necessidade de abertura de nova licitação. Prefeito Sebastião Navarro Vieira Filho – Diretor do DMAE Rodopiano Marques Evangelista;

2011 – Em outubro, nova empreiteira assume a continuidade das obras – Prefeito Paulo César Silva – Diretor do DMAE Armando Bertoni/Tiago Cavelagna;

2013 –Em setembro, a prefeitura rescinde o contrato com a empreiteira e, após nova licitação, em março de 2016 outra empresa dá continuidade as obras – Prefeito Eloísio do Carmo Lourenço- Diretor do DMAE Alair Assis;

2017 – Em maio, ocorre distrato amigável de contrato junto à empreiteira, com parte do serviço sendo realizado pelos próprios funcionários da autarquia e outros por contratação direta. Prefeito Sérgio Antonio de Carvalho Azevedo – Diretor do DMAE Antonio Roberto Menezes;

2019 – Em setembro/outubro, realizado acordo amigável com a Caixa Econômica Federal e o DMAE assume com recursos próprios a finalização da obra. Prefeito Sérgio Antonio de Carvalho Azevedo – Diretor do DMAE Paulo César Silva.

Vaga de Emprego
Vaga de Emprego
Vaga de Emprego

Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.