Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade

A licitação para a concessão do transporte público de Poços de Caldas foi adiada mais uma vez. A abertura das propostas deve acontecer somente no próximo ano, mas ainda não há uma data definida. Essa é o segundo adiamento da licitação.

Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade

Segundo o comunicado publicado pela prefeitura nos atos oficiais do município de sexta-feira (6), a abertura dos envelopes não ocorrerá dia 30 de dezembro, conforme era esperado. A justificativa seria a impossibilidade da retificação até o último dia 28 de novembro em razão da complexidade de questões decorrentes de esclarecimento, cuja análise indica modificações no estudo de viabilidade econômico-financeira, no programa de exploração e no orçamento.

A Comissão de Licitação não definiu uma data para a realização da licitação e vai aguardar a conclusão dos trabalhos e as providências necessárias para marcar. Vale lembrar que o atual contrato com a empresa Auto Omnibus Circullare venceu no dia 26 de novembro, cinco dias após a primeira data prevista para a abertura de propostas. Com o adiamento dos trabalhos o contrato com a empresa foi prorrogado por seis meses ou até que seja realizada a licitação.

Todo o entrave motivou o Ministério Público a entrar com uma ação civil pública de improbidade administrativa contra o prefeito Sérgio Azevedo, que tinha conhecimento da necessidade de fazer a licitação antes do vencimento do prazo. O caso está sendo analisado na Justiça.

Publicidade