Um homem foi preso no final de semana após deixar um cachorro preso dentro do veículo. O animal estava no porta-malas do carro.

Segundo a Polícia Militar, o fato foi registrado na manhã de sábado (17) na avenida Francisco Salles, próximo ao Terminal de Linhas Urbanas. Quando os policiais chegaram, populares já tinham retirado o cão de dentro do carro e estavam dando água a ele.

Testemunhas disseram que o alarme do Uno, placas DBJ-3040, estava disparando e ao observaram viram que o porta-malas encontrava-se destrancado com um cão que se debatia em seu interior. Para ajudar o animal, elas abriram o porta-malas, amarraram o cão com uma corda e o retiraram do veículo oferecendo água a ele.

José Idelfonso Messias, dono do carro e do animal, chegou após o acionamento da polícia. Ele disse que havia saído, levando o animal, para ir à lotérica e comprar tintas, e que encontrou um amigo, com quem teria conversado por 20 minutos, deixando o animal no porta-malas do veículo. Disse também que deixou o veículo destrancado para não fazer mal ao cão e alegou que faz isto frequentemente sem maiores problemas.

No entanto,testemunhas disseram que o animal ficou preso dentro do carro por mais de uma hora. Messias recebeu voz de prisão em flagrante delito e foi conduzido para o posto da PM no Terminal para registro de um Boletim de Ocorrência. Por se tratar de crime de menor potencial ofensivo, ele não foi conduzido à delegacia, sendo liberado após assinar um termo se comprometendo a comparecer no Juizado Especial Criminal em data e hora definida pela justiça.
O cão foi liberado para seu proprietário.