Um recém-nascido foi encontrado pela Polícia Militar, na quinta-feira (1º), após ter sido abandonado em um matagal na cidade de Paraguaçu, no Sul de Minas. O bebê estava ferido e seu quadro é considerado gravíssimo.

Segundo a Polícia Militar, a corporação recebeu um chamado e foi até a rua José Agnaldo Santos, onde localizou um recém-nascido do sexo masculino, abandonado em um lote vago, em meio a diversos galhos de plantas e enrolado em uma coberta. O bebê estava ferido.

O sargento Annibal fez os primeiros socorros e levou o recém-nascido para o pronto-socorro, para atendimento especializado. O médico plantonista constatou, em laudo médico, lesões nas nádegas e próximas aos olhos, diagnosticando o bebê em estado gravíssimo. Diante do estado de saúde da criança, ela foi rapidamente transferida para o hospital de Alfenas.

Com o bebê sob cuidados médicos a PM passou a buscar informações sobre a criança, e em conversa com vizinhos soube que na madrugada que antecedeu o encontro da criança, eles ouviram choros, mas, imaginando que poderiam ser  gatos, então não se preocuparam em verificar.

Uma denúncia anônima informou à polícia o primeiro nome da mãe, o que levou os militares até a casa dela. No local, os policiais descobriram que a mãe é uma adolescente de 15 anos. Ela relatou que no dia 28 de fevereiro sentiu cólicas e, quando foi ao quarto, o bebê nasceu. A adolescente disse ainda que enrolou a criança em um pano e a colocou no terreno baldio, por volta das 10 horas da manhã de quarta-feira.

A adolescente foi apreendida em flagrante e encaminhada à delegacia.