- Publicidade -
18.7 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Parque do Cristo tem Projeto de Revitalização Ambiental iniciado

- Publicidade -

A empresa Circuito Integrado do Turismo de Poços de Caldas (Citur) recebeu recentemente a aprovação do Projeto de Revitalização Ambiental (Prad) de parte da área do Parque do Cristo. O projeto visa à supressão controlada de árvores exóticas, como pinus e eucalipto, que não são nativas do Brasil e têm impactado negativamente na biodiversidade local.
Para dar início ao projeto, a Citur contratou uma empresa de engenharia e meio ambiente, com especialistas em engenharia ambiental e agronômica, para análise ambiental da área, elaboração do projeto e solicitação das aprovações junto aos órgãos competentes. Os trabalhos envolvendo os estudos técnicos e elaboração do projeto de revitalização tiveram início em janeiro de 2023, sendo realizados diversos protocolos e pedidos de autorizações ao longo do ano, que culminaram na aprovação do Projeto de Revitalização Ambiental pelo Conselho Municipal de Defesa e Conservação do Meio Ambiente (Codema), órgão vinculado à Secretaria de Meio Ambiente, no fim de dezembro de 2023. Com todos os trâmites concluídos, a empresa concessionária dará início à substituição de parte da vegetação exótica por vegetação nativa.
A espécie exótica é aquela que se encontra fora de sua área de distribuição natural, isto é, que não é originária de um determinado local, o que pode representar uma ameaça para espécies nativas. O reflorestamento com pinus e eucalipto é comumente utilizado em áreas de mineradoras, e a proposta da Citur é reintroduzir espécies nativas no Parque do Cristo, promovendo uma restauração ecológica e atraindo a fauna local.
“A Citur está comprometida em criar um ambiente mais equilibrado e saudável no Parque do Cristo. O Projeto de Revitalização ambiental aprovado é uma parte fundamental dessa iniciativa, buscando não apenas suprimir a vegetação exótica, mas também implementar ações que promovam o bem-estar social e ambiental”, afirma Marcos de Carvalho Dias, presidente da empresa.
O projeto envolve parcerias estratégicas, incluindo a aquisição de mais de 3 mil mudas para o replantio junto à Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas, que também contribuirá com pesquisas sobre o solo e orientações sobre as espécies das árvores. Serão plantadas mais de 5 árvores para uma suprimida, além disso, a Citur disponibilizará uma fração de área às instituições especializadas, à promoção de atividades de educação ambiental, incluindo placas com informações das espécies nativas plantadas e ações de incentivo ao plantio monitorado.


Clique aqui para receber as notícias do Poços Já no WhatsApp.

Veja também
- Publicidade -






Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Don`t copy text!