- Publicidade -
18.7 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

CENSO PREVIDENCIÁRIO | Aposentados e pensionistas do Ipsemg podem ter benefícios suspensos

- Publicidade -

Segundo o Governo de Minas Gerais, até o momento, cerca de 23 mil servidores aposentados ou afastados preliminarmente, mais de 3 mil pensionistas do Instituto de Previdência dos Servidores do estado de Minas Gerais (Ipsemg) e mais de 17 mil servidores ativos ainda não realizaram o Censo Previdenciário. O sistema está aberto para regularização até o dia 14 de fevereiro.O link do Censo Previdenciário está disponível para realização no site do Ipsemg. Quem estiver com dificuldades pode comparecer em uma das unidades regionais, com agendamento prévio pelo portal de serviços do Governo de Minas ou aplicativo MG App.O Governo de Minas publicou no Diário Oficial do Estado a lista dos pensionistas e aposentados que podem ter o benefício suspenso caso não realizem o procedimento. Clique aqui para conferir. Já os servidores ativos podem sofrer medidas administrativas.Censo Previdenciário e prova de vidaO Ipsemg reforça que o Censo Previdenciário e a prova de vida são obrigatórios, têm funções diferentes e implicam na suspensão do pagamento. Por isso, quem realizou a prova de vida em 2023 deve também preencher o Censo Previdenciário.Passo a passo para regularizar a situação cadastral do Censo Previdenciário1.         Acesse o site do Censo Previdenciário (clicando aqui)

2.         Faça o login no sistema, que pode ser realizado por meio de CPF e senha utilizada nos sistemas corporativos do governo, como o Sistema Eletrônico de Informações (SEI) e Portal do Servidor (portal de consulta de contracheques dos servidores ativos e aposentados). Há, ainda, a possibilidade de acessar utilizando as credenciais do portal gov.br

- Publicidade -

3.         Valide as informações solicitadas

4.         Responda o questionário

5.         Ao final do procedimento, verifique o e-mail de confirmação da realização do CensoSuspensão do benefícioApós a data limite para regularização será divulgado novo edital com a relação de nomes que não atenderam às exigências e terão, efetivamente, o benefício suspenso em fevereiro e a ser pago em março de 2024.Somente após a regularização o beneficiário terá seu benefício restabelecido.

Laboratório Prognose - Publicidade -
Laboratório Prognose - Publicidade -
Laboratório Prognose - Publicidade -
Laboratório Prognose - Publicidade -

Clique aqui para receber as notícias do Poços Já no WhatsApp.


Nafar - Publicidade -
Nafar - Publicidade -
Nafar - Publicidade -
Nafar - Publicidade -
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Don`t copy text!