- Publicidade -
23.4 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Registros de armas de fogo caíram 82% em 2023

- Publicidade -
imagem ilustrativa

O número de registros de armas de fogo caiu 82% em 2023. Esse foi o menor número desde 2004. Ano passado, foram mais de 20 mil armas cadastradas, frente a 114 mil em 2022.

Os dados foram divulgados pela Polícia Federal, nesta quarta-feira (3), com base no Sistema Nacional de Armas.

- Publicidade -
Anúncio Centro
Anúncio Centro
Anúncio Centro

Ano passado, o governo federal adotou medidas para restringir a quantidade de armas e munições que poderiam ser compradas por civis. O número de armas passou de quatro para duas. Com essa mudança, 75% dos novos pedidos de porte de armas foram negados pela Polícia Federal.

A norma colocou ainda fim no trânsito de armas carregadas por caçadores, atiradores e colecionadores, os CACs, além de restrições às entidades de tiro desportivo.

A medida foi elaborada por representantes dos Ministérios da Justiça, da Defesa, da Fazenda; pela Polícia Federal, o Conselho Nacional de Justiça e o Conselho Nacional do Ministério Público, a AGU e de instituições sem fins lucrativos que atuam no tema.

Nas redes sociais, o ministro da Justiça e Segurança Pública Flávio Dino disse ser muito relevante a combinação entre a queda do armamentismo e a queda de crimes violentos letais. Para ele, é a prova que não é a proliferação irresponsável de armas que enfrenta a criminalidade, e sim polícias equipadas e preparadas.

 


Clique aqui para receber as notícias do Poços Já no WhatsApp.

Veja também
- Publicidade -






Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Don`t copy text!