- Publicidade -
18.4 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Colaboradores da Alcoa participam de ações de conscientização sobre diversidade étnico-racial

- Publicidade -
João durante participação no podcast “Racismo e Xenofobia” (divulgação)

Diversidade e inclusão fazem parte da cultura e da rotina de trabalho na Alcoa. A prova é que 85% dos colaboradores pertencem a grupos sub-representados (mulheres, pretos e pardos, pessoas com deficiência e profissionais LGBTQIAP+), sendo que a diversidade étnico-racial já corresponde a 62% do quadro de contratados diretos.

Para apoiar esses profissionais e construir um ambiente cada vez mais plural e acolhedor, a empresa conta com o Aware (sigla em inglês para Alcoanos e Alcoanas Trabalhando Ativamente para a Equidade Étnico-Racial), grupo de inclusão que trabalha com temas relacionados à equidade étnico-racial e à luta antirracista.

- Publicidade -
Anúncio Centro
Anúncio Centro
Anúncio Centro

“Temos a meta de que a representatividade de pessoas pretas e pardas chegue a 65% nas áreas operacionais e a 35% em posições de liderança até 2030”, afirma Gabriel Mayer Wagner, supervisor de Endomarketing, Diversidade & Inclusão da Alcoa Brasil, que ressalta que a Alcoa conta ainda com o Leap (Liderança, Educação, Avanço e Promoção), programa de aceleração e desenvolvimento de carreira para pessoas pretas e pardas com foco no desenvolvimento de habilidades comportamentais e técnicas com enfoque no empoderamento e autoconhecimento destes profissionais, a fim de promover cada vez mais oportunidades promissoras para essas pessoas, valorizando a diversidade e a inclusão na empresa.

Para ampliar o tema além dos limites da companhia, colaboradores que representam o grupo participaram de iniciativas de conscientização com instituições de ensino da região.

Laene ministrou uma palestra sobre “Letramento Racial” (divulgação)

Laene de Souza, supervisora de Compras e líder do Aware Brasil, conduziu, recentemente, uma palestra sobre “Letramento Racial” para estudantes dos cursos de Administração e Geografia do Instituto Federal Sul de Minas, campus Poços de Caldas, e também na Escola Estadual Edmundo Gouvêa Cardillo. “Discutimos a importância da diversidade no trabalho, os desafios e as estratégias para a superação de privilégios na nossa sociedade, além da construção de caminhos que promovam mais inclusão nas carreiras”, conta.

João Henrique Silva, coordenador de Produção da Refusão e líder do Aware em Poços de Caldas, foi o convidado para debater o tema “Racismo e Xenofobia” no podcast “Podfalar”, promovido por alunos do Curso de Medicina da Unifae – Centro Universitário das Faculdades Associadas, em São João da Boa Vista (SP), como parte da disciplina Ciências Sociais na Saúde. Ele participou junto com o professor de Capoeira Eduardo Sena e a pedagoga Deborah Quintiliano. “Foi uma experiência muito bacana”, avaliou João. “Um momento de letramento, em que pudemos levar informações para este público tão jovem e mostrar o trabalho da Alcoa com o Aware, que reforça o nosso compromisso com a inclusão e diversidade”.

Além do Aware, a empresa, por meio do Instituto Alcoa, também apoia projetos locais que beneficiam as comunidades do entorno, como o “Impulso: Afro-empreendedorismo”, iniciativa do Centro Cultural Afro-brasileiro Chico Rei, de Poços de Caldas, que promove formação direta e micro investimentos a empreendedores pretos e pardos líderes de negócios, sejam formalizados ou não.

A Alcoa também é uma das empresas fundadoras do Movimento pela Equidade Racial (Mover), entidade que trabalha em conjunto com 49 empresas associadas e mais de 1,3 milhão de colaboradores pela equidade racial em ambientes corporativos.


Clique aqui para receber as notícias do Poços Já no WhatsApp.

Veja também
- Publicidade -






Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!