- Publicidade -
18.4 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

VARÍOLA DOS MACACOS | Entenda a doença e como se proteger

- Publicidade -

A confirmação do primeiro caso de varíola dos macacos acendeu o alerta sobre a doença em Poços de Caldas. Além das preocupações com sintomas e tratamentos, é importante entender como ocorre a transmissão.

Inclusive, a reportagem do Poços Já recebeu mensagens de leitores preocupados com ataques a macacos locais. Porém, é importante destacar que o macacos não transmitem varíola.

- Publicidade -

O que é a varíola dos macacos?

Segundo o Ministério da Saúde, a varíola dos macacos é uma doença viral que foi diagnosticada e identificada pela primeira vez no século passado, na década de 60. Ela foi descoberta nos macacos e, por isso, recebeu este nome. Essa doença tem caráter endêmico em alguns países da África Central e da África Ocidental.

Como ocorre a transmissão?

A transmissão não acontece por meio dos macacos e a principal forma de contágio é por contato entre humanos. Esse contato acontece por pele, secreções ou objetos pessoais do paciente infectado. Por isso, é importante que os pacientes infectados sejam isolados e que todos os materiais pessoais, como roupa de cama, sejam higienizados.

Quais são os principais sintomas?

A doença começa, quase sempre, com uma febre súbita, forte e intensa. O paciente também tem dor de cabeça, náusea, exaustão e cansaço. Ainda aparecem feridas em diversas partes do corpo.

Como as pessoas podem se proteger?

A principal forma de proteção é evitar contato direto com pessoas contaminadas.

O que fazer se eu estiver doente?

Quando surgirem sintomas, o paciente deve procurar atendimento médico. A vigilância para a rápida identificação de novos casos e o isolamento dos infectados são fundamentais para evitar a disseminação da doença.

Pode ser necessário o período de até 40 dias para a retomada das atividades sociais. Mesmo que o paciente se sinta melhor, deve se manter em isolamento enquanto ainda tiver erupções na pele.

Como é o tratamento?

O tratamento da varíola dos macacos, em geral, é o que se chama de tratamento de suporte. Geralmente, o paciente precisa de uma boa hidratação, se estiver com dor de cabeça tomar um remédio analgésico, se estiver com febre tomar um antifebril e, fundamentalmente, a higienização das lesões.

Laboratório Prognose - Publicidade -
Laboratório Prognose - Publicidade -
Laboratório Prognose - Publicidade -
Laboratório Prognose - Publicidade -

Clique aqui para receber as notícias do Poços Já no WhatsApp.


Nafar - Publicidade -
Nafar - Publicidade -
Nafar - Publicidade -
Nafar - Publicidade -
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!