Publicidade

A Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge) colocou à venda 25 imóveis de propriedade da estatal, entre eles as Thermas Antonio Carlos. A estratégia faz parte da tentativa de reduzir os custos da empresa.

A abertura para o recebimento das propostas aconteceu na última sexta-feira, não só para as Thermas, mas para outros imóveis de diversas naturezas, como terrenos, prédios, salas, balneários, hotéis, distritos industriais, centros de eventos e centro de cultura, que estão disponíveis para venda, concessão ou arrendamento.

Publicidade

Por meio da consulta pública, os interessados poderão encaminhar propostas, seguindo as possibilidades jurídicas listadas. Neste momento, a companhia não definiu valores para as transações. O objetivo é escutar as propostas do mercado e, a partir daí, construir editais que viabilizem os negócios.

O diretor de Gestão de Ativos de Mercado da Codemge, Sérgio Lopes Cabral, esclareceu que, inicialmente, a consulta pública ficará aberta até o dia 31 de janeiro, porém esse prazo poderá ser estendido, caso haja necessidade, conforme a demanda dos interessados. “O objetivo do chamamento é receber propostas do mercado, tanto de valor quanto de modelo de negócios, para subsidiar a Codemge na tomada de decisões”, explicou Cabral.

Entre os imóveis disponíveis estão o cassino de Lambari e o Parque das Águas de Caxambu. As manifestações de interesse ou dúvidas sobre os ativos devem ser encaminhadas para o email comunicacao@codemge.com.br.

Laboratório Prognose
Publicidade
Laboratório Prognose
Publicidade
Laboratório Prognose
Publicidade
Laboratório Prognose
Publicidade

Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.


Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade