Publicidade

A saúde bucal, em muitos casos, passa pela necessidade de utilização de próteses dentárias. Nestes casos, as dentaduras são tradicionais e muito utilizadas, mas apresentam sérias desvantagens. Procuramos a dentista Camilla Amafi, do Hospital Odontológico Implar, para entender melhor o assunto.

As dentaduras possuem diversas complicações. Por cobrirem completamente o céu da boca, impedem a ação de papilas gustativas e prejudicam a percepção de sabores. O paciente também perde força na mordida e geralmente precisa adequar a alimentação. Em alguns casos, geralmente de pessoas com idade avançada, ocorre até desnutrição.

Publicidade

Ainda há outras questões, como a instabilidade, necessidade de reajustes causada pela continuidade na retração de ossos e gengiva e a aplicação de adesivos para fixação. Os usuários precisam remover as dentaduras para higienização e na hora de dormir, além da manutenção exigir investimentos a longo prazo. Apesar de inicialmente terem menor custo, as dentaduras são uma solução provisória para um problema permanente.

Próteses protocolo

As próteses protocolo, segundo Camila, representam a melhor opção nesses casos. São próteses fixas conhecidas como “implantes do futuro”, pois não interferem na percepção de sabores, não dificultam a fala e dão segurança para o paciente sorrir e mastigar.

Veja abaixo o resultado das próteses protocolo em pacientes do Implar:

 

Também são mantidas para dormir e escovar. “É como ter os dentes de volta”, resume a dentista. Para saber mais sobre o assunto, assista ao vídeo abaixo. Clique aqui para entrar em contato com o Implar.

 

Laboratório Prognose
Publicidade
Laboratório Prognose
Publicidade
Laboratório Prognose
Publicidade
Laboratório Prognose
Publicidade

Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.


Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade