Publicidade

O ciclista Renato Rezende, de Poços de Caldas, ficou na sétima colocação de sua bateria e  deixou a disputa do Ciclismo BMX de velocidade nas semifinais das Olimpíadas de Tóquio. Este é o melhor resultado conquistado pelo Brasil na história da modalidade.

Atleta de Poços ficou em sétimo lugar na semifinal (foto: Gaspar Nóbrega/COB)

A pista molhada pela chuva atrasou o início da prova. Na primeira bateria, Renato terminou em quinto lugar. Na segunda ele sofreu uma queda após se enroscar com o ciclista da Suíça e terminou em sétimo, mesma colocação da terceira bateria.

Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade

Segundo o atleta, a estratégia foi de maior agressividade. “Nesse nível de semifinal, com esses atletas que estavam ali, não podia ter zona de conforto”, disse na zona mista.

Renato Rezende também esteve nas Olimpíadas de Londres (2012) e Rio (2016), nas quais chegou às quartas de final.

Laboratório Prognose
Publicidade
Laboratório Prognose
Publicidade
Laboratório Prognose
Publicidade
Laboratório Prognose
Publicidade

Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.