Publicidade

A Prefeitura de Poços de Caldas apresentou o programa Recupera Poços em entrevista coletiva realizada na tarde desta segunda-feira (24). A iniciativa ocorre por meio de recursos da DME Participações e recebeu apoio do presidente da Câmara, Marcelo Heitor (PSC), assim como dos vereadores presentes.

Entrevista coletiva reuniu representantes da prefeitura, da Câmara e da DME Participações (foto: João Araújo/ Poços Já)

De acordo com o prefeito Sérgio Azevedo (PSDB), as propostas contaram com a participação do vereador Flávio Togni (PSDB), que convidou outros parlamentares para que fizessem sugestões.

Entre as principais medidas anunciadas está o Auxílio Emergencial Municipal, que terá o valor de R$ 300 e será concedido durante três meses. Terão direito ao benefício pessoas que comprovarem o término de vínculo empregatício durante a pandemia de covid-19.

Os detalhes do Auxílio serão anunciados nos próximos dias, assim como as informações sobre as outras medidas do programa, que precisa de aprovação na Câmara. Veja abaixo as principais ações do Recupera Poços:

Subsídio de R$ 350 mil mensais, por seis meses, para que a tarifa do transporte coletivo fique em R$ 4;

Criação do bilhete único na nova concessão do transporte, cujo contrato deve ser assinado ainda nesta semana;

Instalação de três centros pós-covid nas zonas Sul, Leste e Oeste;

Implantação de cinco leitos de UTI para casos de covid-19 no Hospital Margarita Morales;

Vale-merenda de R$ 70 durante dois meses para todos alunos da rede pública;

Reforma de banheiros e cozinhas de escolas e creches até final do ano;

Obtenção da CND de INSS;

Incrementação do programa Poços Juros Zero, com apoio a mais empresas.

Laboratório Prognose
Publicidade
Laboratório Prognose
Publicidade
Laboratório Prognose
Publicidade
Laboratório Prognose
Publicidade

Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.


Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade