Publicidade
O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), confirmou, na tarde de quinta-feira (29), o pagamento do auxílio emergencial de R$ 500, por família, aos mineiros em situação de extrema pobreza, com renda per capita familiar de até R$ 89, conforme base de dados do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). A expectativa é beneficiar mais de um milhão de famílias.
A medida foi aprovada ontem pela Assembleia Legislativa, em primeiro turno. De acordo com a proposta, a previsão é que o auxílio seja quitado em parcela única, em agosto deste ano, após o pagamento da última parcela do Auxílio Emergencial.
Zema explicou ainda que, para efetuar o pagamento do auxílio, serão utilizados recursos do Refis, programa de renegociação de dívidas de empresas, aprovado pelo Governo do Estado em março deste ano no Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).
Publicidade
Vaga de Emprego
Vaga de Emprego
Vaga de Emprego
Vaga de Emprego

Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.