O projeto de mobilidade elétrica Poços+Inteligente teve mais uma etapa concluída na tarde de sexta-feira (5). Presidentes e diretores das instituições envolvidas, vereadores, secretários municipais, vice-prefeito e prefeito municipal se reuniram no Almoxarifado da DME para oficializar a entrega de quatro bicicletas elétricas para uso da Secretaria Municipal de Defesa Social, através da Guarda Municipal.

Entrega das bicicletas ocorreu na sexta-feira (foto: divulgação)

Os projetos de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) são previstos e regulamentados pelo órgão regulador do setor elétrico brasileiro, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). As concessionárias de serviços públicos de distribuição e geração de energia elétrica devem aplicar, anualmente, um percentual mínimo de sua Receita Operacional Líquida (ROL) em projetos de P&D.

Publicidade

Após participar de uma seleção de projetos feita pela própria Aneel, a DME, realiza o projeto em parceria com Prefeitura Municipal, PUC Minas Poços de Caldas e IF Sul de Minas.

“O projeto conta com 30 bicicletas elétricas, portanto, a Guarda Municipal recebeu uma parte das bikes disponíveis. Dez ficarão com a PUC e dez com o IF Sul de Minas. As demais serão disponibilizadas ao público em breve. Também haverá bicicletários eletrônicos e eletropostos. As obras do eletroposto, localizado na Fepasa, estão em estágio avançado e a previsão é que estejam finalizadas em um mês”, explica José Carlos Vieira, presidente da DME.

De acordo com Thiago Caproni, diretor do IF Sul de Minas campus Poços de Caldas, é muito importante a existência de projetos assim, que colocam as pesquisas acadêmicas em prática com maior rapidez. “Em resumo, além dos ganhos imediatos que o projeto vai proporcionar, ele também vai abrir portas para outras oportunidades geradas pela inovação. As instituições da cidade estão atuando com tecnologia de ponta, que ajudarão a moldar o futuro, possibilitando inclusive a formação de profissionais em diversas áreas”, afirma Caproni.

Para o prefeito Sérgio Azevedo (PSDB), o fato da cidade investir em tecnologia a coloca em consonância com as tendências mundiais. “É preciso pensar no que podemos trazer de benefício para o município. Utilizar esse recurso de P&D é muito importante para que mais novidades surjam. O projeto de mobilidade elétrica pode atrair investimentos, além de nos colocar na rota daqueles que já utilizam carro elétrico no país”, finaliza Sérgio.


Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.