Publicidade

A sífilis está entre as mais comuns Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e causa diversas complicações. Os sintomas podem aparecer na pele, nos ossos, no coração, no sistema nervoso e até mesmo nos olhos. Para falar sobre o assunto, o Poços Já procurou o médico oftalmologista Carlos Aterje.

A transmissão da bactéria Treponema pallidum, causadora da sífilis, ocorre principalmente nas relações sexuais desprotegidas, mas também por via transplacentária, transfusão sanguínea, compartilhamento de agulhas ou acidente com material perfurocortante contaminado.

Sífilis causa diferentes inflamações oculares, segundo Aterje (foto: Juliano Borges/Poços Já)
Publicidade

Segundo Aterje, um dos sintomas de sífilis ocular é a coriorretinite. Esta inflamação da coróide e da retina pode levar à perda visual, por isso é importante que o paciente diagnosticado com sífilis faça acompanhamento com oftalmologista. 

Ainda há outros problemas que podem ser causados pela sífilis, como inflamações na íris, no nervo óptico e em outras áreas oculares. Os sintomas são visão embaçada, moscas volantes e maior sensibilidade à luz, entre outros. O tratamento ocorre com a utilização de antibióticos, como a penicilina.

Aterje explica que a síflis pode levar inclusive à cegueira. “Em alguns casos é irreversível, porque deixa uma cicatriz. Essa cicatriz leva à perda visual, se atingir a região central da retina, que é a mácula. Se for mais periférica, a chance de recuperar é grande”, informa o médico oftalmologista.


Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.