Publicidade

O comprometimento por uma Poços de Caldas mais tecnológica e inovadora é o principal ponto do tratado firmado entre a prefeitura e instituições, na quinta-feira (18). O documento faz parte do movimento Poços Cidade Inteligente, da ONG 101 Líderes, executado em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, além de outras instituições públicas e privadas.

Documento foi assinado na quinta-feira (fotos: Juliano Borges/Poços Já)

O grupo também é composto pelo Conselho Municipal de Inovação, Ciências e Tecnologia, IF Sul de Minas, PUC Minas, Unifal, Rotary Club, Alcoa Foundation e Sebrae. Durante o evento, o presidente da ONG 101 Líderes explicou os objetivos do projeto, cuja principal finalidade é acelerar o desenvolvimento do município: “Visamos fazer o diagnóstico do município em 11 pilares, dentre os quais empreendedorismo, tecnologia e inovação, saúde, segurança, turismo. Através desse diagnóstico, vamos entender onde estamos e aonde queremos chegar, em curto, médio e longo prazo. A partir disso, traçar roteiros, planos de ação para atingir esses objetivos”.

Publicidade

Um banco de soluções, baseado em iniciativas de 36 mil cidades ao redor do mundo, também vai ajudar a encontrar medidas ideais para Poços de Caldas. Segundo Wagner, muitas dessas ações são de baixo ou nenhum custo.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Thiago Mariano, comentou a importância da assinatura do tratado. “É um dia marcante, que vem consolidar esse ecossistema empreendedor, tecnológico, que já vem se formando no município. Queremos pavimentar esse caminho, para que Poços possa se tornar cada vez mais inteligente, conectada e preparada para esse futuro tecnológico”.

Autoridades e representantes de instituições participaram do evento

Para o prefeito Sérgio Azevedo (PSDB), o projeto vai auxiliar na vinda de indústrias tecnológicas, além de proporcionar outros benefícios. “Poços tem uma oportunidade única de transformar a nossa cidade, informatizar 100%, fazer uma cidade totalmente inteligente. Isso vai trazer um ganho muito grande para todos, que é a finalidade maior”, comentou.

Cidade Inteligente

Entre os projetos apresentados estão o Plano Municipal de Inovação, Ciências e Tecnologia; o cerco eletrônico integrado, com câmeras inteligentes e uma central de monitoramento conjunto; o mapeamento e digitalização da zona rural, compartilhado com a patrulha rural; a gestão de frota da prefeitura com monitoramento em tempo real de operadores, trajetos e consumo dos veículos; a hora da coleta, com um sistema inteligente de alerta ao cidadão sobre o horário de retirar o lixo; e o APP do cidadão, com todos os serviços públicos integrados, entre outros.

Ainda está sendo estudado um novo sistema de análise de indicadores, disponibilizado pela 101 Líderes, que mapeia e classifica diversos indicadores municipais nas áreas de urbanismo, meio ambiente, energia, governança, saúde, segurança, empreendedorismo, tecnologia e inovação, educação e mobilidade, além de sugerir soluções inovadoras e já em execução em outras cidades do Brasil e do mundo.

Também estão sendo planejadas ações como uma incubadora de empresas de base tecnológica, o parque tecnológico, o centro de inovação e tecnologia, a ser criado como um espaço de co-working público, com fomento do empreendedorismo e inovação, além de eventos nessas áreas.

Publicidade
Vaga de Emprego
Vaga de Emprego
Vaga de Emprego
Vaga de Emprego

Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.