Publicidade

Dois eleitores foram impedidos de votar em Poços de Caldas, no último domingo (15). Nos dois casos, pessoas homônimas já tinham votado no lugar delas.

Um dos casos aconteceu na Escola Estadual Cleuza Lovato Calliari, no Jardim Centenário. O eleitor, de 44 anos, ficou bastante alterado ao saber que não poderia exercer o seu direito. A Polícia Militar foi acionada e registrou o caso.

De acordo com o boletim de ocorrência, uma pessoa homônima teria apresentado somente documento de identidade e votado. Ao saber do equívoco do mesário, o eleitor teria ficado bastante alterado. O caso foi encaminhado ao Juiz Eleitoral da Comarca.

O outro caso foi registrado no Colégio COC, na rua Ceará. O eleitor assinou a ata e entregou o documento para conferência. O mesário informou que o seu comprovante já tinha sido dado a outra pessoa e que, por isso, não poderia votar. A presidente da seção confirmou o erro e justificou que a confusão ocorreu por causa da apresentação de documento de identificação pessoal da outra pessoa.



Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.