Após a queda repentina de 22% na taxa de ocupação de leitos exclusivos para covid-19, apresentada no boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, na terça-feira (15), o índice se manteve em 35,08% no informe desta quarta (16). Na segunda (14), este número bateu o recorde de 57,89%.

Este dado vinha apresentando sucessivas altas desde o dia 30 de agosto, quando o município também registrou taxa de 35,08%.

Segundo a prefeitura, a baixa aconteceu em razão de pacientes que foram transferidos para leitos clínicos, tiveram alta ou testaram negativo, além de ter ocorrido um óbito de não residente.

O boletim de hoje registrou nove casos em 24 horas, totalizando 1066, desde o início da pandemia. Óbitos, até o momento, são 28. Uma morte segue em investigação.

 

Veja o boletim completo: