O prefeito Sérgio Azevedo (PSDB) explicou, em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (12), a retomada das atividades do turismo em Poços de Caldas, que ocorre a partir de sexta (14). O chefe do Executivo e o secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Thiago Mariano, também apresentaram o Plano Estratégico de Retomada, desenvolvido em parceria com a iniciativa privada.
No início, a cidade continuará proibindo a entrada de ônibus de excursões e vans. Os postos de controle de entrada de veículos, localizados nas entradas de Poços, passam a ter função sanitária, com medição de temperatura e de orientação, além da distribuição de material educativo. As barreiras não vão mais bloquear veículos com placas de outros municípios.

Secretário de Desenvolvimento, Thiago Mariano, prefeito Sérgio e a coordenadora de Fomento, Diva Funchal

Os turistas que apresentarem sintomas de covid-19 serão orientados a procurar o hospital de campanha, na rua Paraíba. Os hoteleiros também estão sendo orientados a seguirem o protocolo. “O turista que chegar na cidade quer ver um hotel preocupado com a saúde de todos, um comércio com regras que garantam a segurança. E é isso que vai encontrar. Conto com todos os estabelecimentos, para que sigam os planos apresentados ao Comitê de Saúde e trabalhem com higiene redobrada e 40% de taxa de ocupação”, ressaltou o prefeito.

Ainda neste primeiro momento os pontos turísticos permanecem fechados, mas os bares e restaurantes terão horário livre de funcionamento, assim como o comércio de modo geral. As regras de distanciamento permanecem, assim como o uso de máscaras e do álcool em gel. “A pandemia não acabou. Todos os cuidados permanecem para que a cidade continue com os bons índices e não precise retroceder nas decisões de flexibilização”, disse o secretário de Saúde.
A flexibilização do turismo será regulamentada por decreto ainda nesta semana.

 

Plano de Retomada Econômica
Durante a coletiva, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho explicou que a prefeitura encontrou dificuldades para desenvolver o plano. “Fomos buscar no Brasil o que as outras cidades estavam fazendo para retomar a economia e não encontramos. Tivemos que partir do zero. Para isso, criamos o Comitê Econômico, para coordenar as ações, com apoio da iniciativa privada”.
O grupo criou o plano a partir do mapeamento de forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, do comércio, indústria, agronegócio e turismo. Na entrevista, cinco principais projetos foram destacados.

Aplicativo Poços de Caldas
A promessa do secretário é que o aplicativo seja lançado em 15 dias. A plataforma vai agregar produtos, serviços, eventos, notícias da cidade, pesquisa e interações com o objetivo de gerar dados sobre o público interno e externo de Poços de Caldas. “Com esses dados, saberemos o que é bom e o que temos de deficiência”, informou.

Selo 100% Poços de Caldas
O projeto cria um selo específico para identificação das marcas poços-caldenses. “Nossos azeites, hortaliças, artesanatos, doces, tudo o que é produzido na cidade poderá usar o selo. Queremos valorizar os nossos produtos e vender com um valor agregado maior. As regras serão definidas por decreto do prefeito”, adiantou Thiago.

Agronegócio e turismo
A proposta busca criar rotas turísticas que valorizem a zona rural. “O turismo tem sido um grande impulsionador de receita no agronegócio. Para isso, mapeamos diversas rotas, como a do azeite e do doce. Seria um turismo de experiência”, destacou.

Terminal rodoferroviário
Thiago adiantou que a prefeitura estuda a criação de um terminal de cargas rodoferroviário no Distrito Industrial. “Quando fomos pesquisar a reativação do trem turístico, descobrimos que Poços tem uma capacidade de carga muito alta, tanto para a exportação quanto para a importação. Além disso, a linha férrea passa no fundo do Distrito Industrial, no qual a prefeitura é a dona do terreno. Estamos fazendo uma pesquisa sobre o assunto e os primeiros resultados são positivos. Existe investidor privado que quer investir e estamos indo atrás para destravar essa burocracia”, comentou.

Portal do Desenvolvimento
O secretário apresentou, no site da prefeitura, o Portal do Desenvolvimento. Lançado nesta quarta-feira, o espaço disponibiliza na internet os serviços e informações da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho e da economia local.