A aglomeração causada por torcedores do Corinthians e do Palmeiras terminou com a prisão dos proprietários de dois bares da rua Francisco Salles, na tarde do último sábado (8). Os times se enfrentaram pela final do Campeonato Paulista. Os estabelecimentos também foram autuados pela prefeitura.

De acordo com a PM, o desrespeito a medidas de prevenção contra a covid-19 nestes bares gerou um número incontável de denúncias no 190. Os policiais acionaram os fiscais da prefeitura e foram até os bares apurar as reclamações. Na avenida Francisco Salles, os militares constataram a veracidade das denúncias. No local havia aglomeração de dezenas de adultos e até crianças. Considerando que faltavam 15 minutos para o término do jogo e para evitar confrontos desnecessários com os torcedores, a PM decidiu aguardar para intervir.

Ao término da partida, as pessoas começaram a se dispersar. Os policiais prenderam os proprietários dos dois estabelecimentos com base no crime de infração de determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, descrito no artigo 268 do Código Penal Brasileiro. Foi lavrado também, o Termo Circunstanciado de Ocorrência. Os fiscais da prefeitura fizeram a autuação dos dois estabelecimentos com base no Decreto Municipal em vigor.