A Secretaria Municipal de Educação de Poços de Caldas quer saber qual o índice de acesso à internet dos alunos da rede municipal. O resultado da pesquisa será utilizado na elaboração de atividades não presenciais para reposição da carga horária não cumprida durante a suspensão das aulas, em decorrência da pandemia de covid-19.

A pesquisa inclui o levantamento de dados como nome do aluno, escola, ano escolar, turma, turno, tipo de acesso à internet (ou se não tem acesso) e dispositivo que o estudante utiliza para a conexão. A pesquisa será coordenada pelos gestores e enviada aos professores, alunos e seus responsáveis.

Publicidade

A pesquisa já foi realizada com os alunos matriculados no ensino médio da rede municipal. A adesão foi bastante abrangente, atingindo 98% dos alunos.

“A empresa que presta serviços tecnológicos à prefeitura já disponibilizou uma nova ferramenta com aplicativo para as atividades não presenciais. O próximo passo será a oferta de tutoriais sobre a utilização desse recurso, com o objetivo de orientar alunos e professores”, informa a gerente do Programa de Inclusão Digital da SME, Patrícia Lisboa Faria. Já na pesquisa com os educadores, os docentes também poderão opinar sobre quais estratégias preferem utilizar para a reposição das aulas.

A Seção de Educação Infantil da Secretaria Municipal de Ensino está realizando um estudo sobre os pré-requisitos, de acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e o Currículo de Referência de Minas Gerais (CRMG), para orientar o trabalho dos docentes após a retomada das aulas. A equipe também está selecionando atividades dos Campos de Experiência, que serão disponibilizadas em Plataformas de Atividades Remotas. O objetivo do trabalho é manter o contato com o aluno e aproximar as famílias de forma afetiva.

“Queremos tranquilizar os pais e responsáveis e dizer que estamos trabalhando incansavelmente para minimizar os efeitos da suspensão das aulas para os nossos alunos, especialmente os que estão no Ensino Médio do Colégio Municipal e que devem passar pelo Enem. Embora, particularmente, não seja adepta à Educação a Distância, o momento nos obriga a buscar soluções eficazes e, em breve, a Secretaria de Estado de Educação disponibilizará para a rede municipal teleaulas e material em pdf. Lembrando que nosso objetivo maior é manter a relação entre aluno e escola, fundamental no processo de ensino-aprendizagem”, ressalta a secretária municipal de Educação, Maria Helena Braga.


Quer receber as notícias do Poços Já direto no WhatsApp?

Clique aqui e entre em um de nossos grupos.