sexta-feira , 20 outubro 2017

Estudantes participam de gincana na Unitran






Em visita a autoescola, jovens responderam Quiz sobre regras do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e países de língua inglesa e espanhola.


A autoescola Unitran recebeu, nesta semana, jovens participantes de uma olimpíada escolar, para um Quiz sobre trânsito. Os temas das perguntas envolveram não só as regras do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), mas também de países de língua inglesa e espanhola.

O grupo de jovens, alunos da Escola Cepoc, participa, durante o mês de agosto, de um projeto desenvolvido pelo professor Marcos Molinari, chamado de Olimpíadas de Inglês. Ao longo da semana, as turmas são convidadas a participar de atividades que envolvam a língua inglesa e espanhola. Dentro dessa programação, a tarefa surpresa foi na auto-escola, quando as cinco equipes, com 10 integrantes cada, foram até a Unitran.

“Montamos um programa de perguntas e respostas, com verdadeiro e falso, falando sobre regras de trânsito, diferenças entre o Brasil, Estado Unidos e Espanha, ou os países de língua estrangeira que falam inglês e espanhol. Com isso, pontuamos as diferenças e esclarecemos algumas curiosidades, que vão desde a idade mínima para se obter a carteira de habilitação até como ele ocorre nos diversos países”, esclarece Simone Gonçalves, consultora de vendas e coordenadora de educação para o trânsito da Unitran.

A atividade escolar também serve para preparar os jovens para quando eles alcançarem a idade para dar início ao processo de habilitação, que inclusive, pode acontecer aos 17 anos. “É interessante que o jovem pode dar entrada no processo antes dos 18 anos, quando passam por alguns dos processos até que completem os 18 e possam fazer o exame para a obtenção do documento que os possibilita a condução de veículos. Muitos não sabem disso e aproveitamos essa oportunidade para informá-los”, relata.

A coordenado de educação lembra ainda que o sonho da habilitação é como uma afirmação dos jovens que entraram na vida adulta e estão independentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *