quinta-feira , 18 outubro 2018

DEPILAÇÃO | Profissional explica vantagens do laser diodo

Técnica, que diminui a formação de pelos, é indicada para evitar a dor da depilação com cera


Fisioterapeuta dermatofuncional oferece o serviço na Fiosioform (fotos: Tatiana Espósito/Poços Já)

A estação mais quente do ano já chegou e, apesar das chuvas intensas, os dias de sol e muito calor também estão presentes. Nessa hora, a maioria das pessoas prefere usar roupas mais frescas, como shorts, saias, vestidos e, claro, o biquíni para aproveitar as piscinas. Mas nesse momento também surge a preocupação com os pelos indesejáveis. Por isso, hoje em dia, um dos métodos mais procurados e eficazes na hora de se ver livre deles é a depilação a laser.

Em Poços de Caldas, a Clínica Fisioform trabalha com a depilação a laser diodo, técnica que emite uma luz que atrai o pelo e capta a melanina. O laser retarda o crescimento do fio e com o tempo diminui significativamente a capacidade de novos pelos se formarem.

Segundo a fisioterapeuta dermatofuncional da Fisiosform, Cielita Soares Franco, a técnica é procurada por mulheres e homens e praticamente não tem contraindicações, mas é feita uma avaliação prévia de cada cliente. No caso das grávidas, por exemplo, esse tipo de depilação não é recomendado. Ela explica ainda que, antigamente, a técnica não era indicada para peles negras, devido ao maior risco de queimadura, mas hoje, com a modernização dos aparelhos, já é possível ser utilizado com mais tranquilidade.

Segundo Cielita, técnica tem poucas contraindicações

A profissional conta que geralmente são necessárias pelo menos cinco sessões para resultados satisfatórios, mas isso também depende da área e do tipo de pelo. Podem ser depiladas as pernas, abdômen, costas, virilha e o rosto, com exceção da área dos olhos, como as sobrancelhas. Não é um procedimento demorado, em apenas alguns minutos a sessão é finalizada. Cielita alerta que, ao agendar a depilação a laser, a pessoa deve evitar exposição ao sol no dia anterior e também no dia após realização do procedimento.

“A depilação a laser é muito indicada para quem tem problemas com pelos encravados e para quem quer evitar a flacidez causada pela depilação com cera. É preciso entender que ela não é definitiva, não existe depilação definitiva, mas ela diminui consideravelmente a quantidade de pelos, chegando a casos de pessoas que, depois de realizar as sessões necessárias, não precisam mais depilar, pois ficam quase sem pelo”, ressalta.

Farmacêutica passou a usar a depilação a laser depois de sofrer com pelos encravados

Para tranquilizar quem se interessa pela técnica, mas teme sentir muita dor, a fisioterapeuta garante que a depilação a laser diodo gera pouco desconforto e é praticamente indolor. “Com os aparelhos antigos doía bastante, mas hoje, com a evolução da tecnologia, não dói quase nada. Dói menos que a cera, todo mundo que faz relata que a dor é menor”.

A farmacêutica Flávia Cunha Loyola Elias conta que recorreu à depilação a laser depois de sofrer com pelos encravados e com reações a outros tipos de depilação. Hoje, ela diz que os pelos quase não aparecem mais. “Foi o melhor investimento que eu fiz, agora eu só estou fazendo manutenção, quando aparece algum pelo, é bem fininho. Sem contar que não dói quase nada, então vale muito à pena”.

Serviço

A Fisioform fica na rua Rio de Janeiro, 450, Centro de Poços de Caldas. Mais informações pelo telefone 3721-5360.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *