Patrocínio

O goleiro Bruno Fernandes não é mais parte do elenco do Poços de Caldas Futebol Clube, o Vulcão. Os rumores sobre a saída começaram ainda no final de semana, quando o atleta não compareceu a um amistoso, e foram confirmados pela diretoria do time na segunda-feira (28).

O amistoso aconteceu no último sábado (26). Até então o presidente do Vulcão, Paulo César da Silva, disse que estava tudo bem e que a ausência do goleiro ocorreu em razão da falta de autorização judicial.

Patrocínio

Em contrapartida a advogada do goleiro, Mariana Migliorini, iniciou a segunda-feira dando entrevista ao G1 Sul de Minas, informando que o contrato foi rescindido porque o clube não teria pago os salários devidos nem fornecido material esportivo.

A informação foi confirmada por Paulo no fim do dia à reportagem do jornal Mantiqueira. Ele explicou que, assim como vários clubes brasileiros, o Vulcão tem problemas financeiros e entre os ajustes propostos está o fim do contrato com o goleiro e de outros membros,  como diretor de futebol, vice-presidente e o treinador.

Agora o clube está focado em novas contratações. Um jogador, que já teria defendido a seleção, seria a nova promessa. O novo treinador, Guiba, já deve se apresentar nesta terça-feira (29).

 

Patrocínio

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA