Patrocínio
Atletas competiram nas categorias solo, quarteto e duplas mistas (Foto capa Fotop – Foto 1 Jubinsk)

Na manhã do último domingo (14), aconteceu a 12ª edição da Meia Maratona das Água, prova de 24 km disputada em um belo e desafiador trajeto que passa pela antiga estrada de terra que liga Poços a Pocinhos do Rio Verde, em Caldas. A grande novidade da Meia Maratona esse ano foi as novas modalidades quarteto masculino e feminino e duplas mistas.
Os grandes campeões desta edição foram da cidade de Pouso Alegre/MG. No Masculino, João Paulo Cândido concluiu o percurso na primeira colocação com o tempo de 1h5min26s. No Feminino, Auxilene Izabel da Silva foi a campeã com o tempo de 1h45min18s.
“Essa foi minha segunda Meia Maratona das Águas, no ano passado eu fui o segundo colocado e neste ano, graças a Deus, fui o primeiro. Consegui baixar o tempo do ano passado, quando fiz em 1h e 17min. A ideia é ano que vem vir mais forte ainda para bater o recorde desse ano”, contou João Paulo após a prova.
O campeão do Masculino fez uma dura disputa com Marcão “Queniano”, um dos principais atletas de Poços da modalidade atualmente. “O Marcão dispensa comentários, é um atleta que tem um currículo enorme e poder estar no pódio com ele é muito bom”, completou o atleta.

Confira o vídeo da largada, feito pela funcionária da Secretaria de Esportes, Marcela Carvalho Messias:

Patrocínio

 

 

Campeã no Feminino, Auxilene Izabel também travou disputa com uma poços-caldense. Ela e Mislene Aparecida disputaram quilômetro a quilômetro e a atleta de Poços acabou ficando em segundo. “Foi a terceira vez que eu participo da Meia Maratona das Águas, na primeira vez fiquei na quinta colocação, ano passado fiquei em sétimo e esse ano consegui a vitória. Um percurso muito difícil, cheio de subidas e descidas, mas nesse ano a temperatura estava agradável, consegui fazer uma boa prova e conquistar a vitória”, relata a campeã.

Novas categorias

Corredores de todos os níveis puderam participar dessa Meia Maratona das Águas graças as novas modalidades: Quarteto Masculino, que teve como campeões  Jean, Vinicius, Gabriel e Geber; Quarteto Feminino, vencida por Patricia, Thais, Laira e Eliana; além da dupla mista, que teve como campeões Raquel e Norberto. Todos os resultados estão disponíveis neste link. As fotos da prova podem ser conseguidas nesse link, com a turma da Fotop e nesse link, com as fotos da fotógrafa Jubinsk. 

Dupla vice-campeã, Lucas Oliveira e Elizangela Apolinario são atletas de provas rápidas, principalmente 5km. A possibilidade de correr em dupla proporcionou que eles participassem e prestigiassem a Meia Maratona das Águas.
“É uma prova muito bonita, um percurso muito bonito, que a gente sempre gosta de prestigiar. E, para podermos participar, optamos em fazer esse percurso menor, que o que a gente têm mais treinamento para fazer”, conta Lucas Oliveira.
“Nesse tipo de prova é importante saber o limite um do outro. É muito legal fazer essa categoria dupla, o quarteto também foi importante, porque acaba trazendo a possibilidade de outros atletas participarem dessa prova e prestigiar, pois o percurso é muito legal. Foi desafiador, foi na raça e estamos muito felizes com o resultado”, completa Elizangela Apolinario.

Lucas e Elizangela foram vice-campeões da categoria Dupla Mista (foto: Rafael Santos/Poços Já)

A Meia Maratona das Águas é uma realização conjunta das prefeituras de Caldas e Poços de Caldas. A premiação incluiu dinheiro e troféus. Ao lado da Volta ao Cristo, que acontece em janeiro, a Meia Maratona é uma das principais provas pedestres da região. O secretário de Esporte de Poços, Wellington Paulista, comemorou o sucesso dessa 12ª edição da corrida.
“Ficamos muito felizes, tivemos um grande respaldo de todas as Secretarias envolvidas, principalmente a Secretaria de Esportes, que tem uma responsabilidade técnica muito grande. Acertamos na mosca na parceria com Caldas, uma grande disponibilidade deles, um grande empenho também, para podermos proporcionar o melhor para os corredores”, disse o secretário.

Paulista comemorou também o sucesso das novas modalidades por quarteto e dupla. “Tivemos esse adendo que foram as duplas e os quartetos, para privilegiar os corredores que por algum motivo teriam dificuldade com a distância da prova. Conseguimos proporcionar essas modalidades, que esperamos também fazer no próximo ano com sucesso”, afirma o secretário.

Repórter Fitness

A Meia Maratona das Águas serviu como uma das provas de preparação para a Etapa Magma do Desafio das Montanhas Vulcânicas, no qual participarei no dia 29 de setembro, na Serra de São Domingos. A Meia das Águas conta com  um percurso desafiador, a estrada de terra e as belas paisagens rurais amenizam os 24km de subidas e descidas, onde a descida é predominante, principalmente no final da prova.

Consegui manter um bom ritmo no começo, fiquei boa parte da prova em um pelotão e nos últimos cinco quilômetros, quando começou o último trecho de descida, percebendo que me sentia bem, apertei o ritmo, cheguei no quilômetro final, já no asfalto, sentindo algumas dores, mas na base da superação apertei ainda mais o ritmo e ainda passei um atleta. A chegada foi só alegria, fiz o tempo de 02h01e19, baixando bem o tempo que fiz no ano passado, ficando em 18º na categoria e em 28º entre os moradores de Poços de Caldas, o que é muito bom para um atleta amador como eu.    

Chegada na Festa do Biscoito é uma das atrações da prova (foto: Rafael Santos/Poços Já)

 

A Meia Maratona das Águas é uma das provas mais charmosas do sul de Minas por ter um sentido histórico, já que liga Poços de Caldas à sua cidade mãe. Além disso, a chegada é para lá de especial, pois acontece dentro do Balneário de Pocinhos de Rio Verde, distrito de Caldas. No Balneário, assim como vários outros atletas,  tomei banho de água sulfurosa após a prova e me senti revitalizado depois de tanto esforço. No mês de julho,no pavilhão do Balneário, acontece a tradicional Festa do Biscoito, cheio de delícias e boa música. Fazendo com que o contexto da Meia se torne ainda mais agradável. Com amigos, entramos tarde a dentro, comemorando o bom resultado e a alegria de poder correr e ser feliz.

Nas próximas semanas contarei tudo de como está o treinamento para esse grande desafio que vai ser a Etapa Magma do Desafio das Montanhas Vulcânicas. Fiquem ligados!    

 

Patrocínio

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA