Patrocínio
Todo o percurso foi feito com muita alegria (foto: Wagner Sidney Silva/Fotop)

Em uma grande festa do esporte, aconteceu na manhã do último domingo (29) a Meia Maratona das Águas, tradicional prova que liga Poços de Caldas ao balneário de Pocinhos do Rio Verde, em Caldas. Fui um dos cerca de 300 atletas que enfrentaram os mais de 22 km de percurso e consegui alcançar o grande objetivo desta temporada da série Repórter Fitness.

Antes de contar como foi minha prova, quero destacar a participação dos grandes atletas que elevaram o nível dessa Meia Maratona. Rogério Ferreira, de Americana, foi o campeão no Masculino, com o ótimo tempo de 1h e 14 min. Ele foi seguido de João Paulo Cândido, também de Americana, que ficou em 2º lugar e Marcos Alexandre Elias, primeiro poços-caldense a completar a prova, com o tempo de 1h e 20min.

Pódio do Masculino (foto: Rafael Santos/Poços Já)

No Feminino, um fato bem peculiar. A piauiense Antônia Keyla da Silva e a atleta de Itajubá Rosângela Pereira Faria, após muita disputa durante a prova, resolveram deixar a competição de lado e cruzaram a linha de chegada juntas, com o tempo de 1h 34min e 45seg. Elas provaram aquela velha máxima, que o importante realmente é competir.

“Usei essa prova para treinar para maratona, por isso fiz todo o percurso, que era bastante difícil, bem forte. Acabou que o resultado foi muito bom, quero agradecer a todos de Poços de Caldas pela recepção. No final essa chegada bonita, minha e da Rosângela, mostrando o lado bonito do esporte”, disse Antônia Keyla.

O resultado completo da prova você encontra nesse link. E as melhores fotos, dos competentes profissionais da Fotop, nesse link.

Pódio do Feminino (foto: Rafael Santos/ Poços Já)

A prova

Diferente de outros anos, a largada da Meia Maratona das Águas 2018 aconteceu na Lorenzeti, bem em frente à estrada que liga Poços a Pocinhos, o que diminuiu a distância, que era de 25 km, para 22,3 km, conforme marcou meu Strava.

O clima na largada era o melhor possível. A energia da equipe Nafar estava particularmente especial. O aquecimento foi cheio de alegrias e sorrisos, reflexo de uma equipe bem treinada e que tinha a certeza de fazer uma boa prova.

Energia da equipe Nafar antes da prova foi especial (foto: Beatriz Neaime)

Nesse pouco tempo de atleta, descobri que as largadas das provas são sempre um momento especial. A energia das pessoas que querem sempre se superar é algo empolgante e na Meia Maratona das Águas não foi diferente. Confira:

Em uma prova longa é sempre bom guardar as energias. Segurei meu ímpeto e fui em um ritmo tranquilo. Logo no início encontrei Paulo Roberto Zanatta, um dos mais experientes corredores da equipe Nafar, segui o ritmo dele por uma boa parte da prova e, nesse espaço de tempo, ele me deu uma das dicas mais preciosas que já recebi: “Rafael, você está fazendo as curvas muito abertas, faça elas fechadas que, no final de uma prova como essa, você terá corrido pelo menos uns 600 metros a menos”.

Zanatta foi fundamental para que o Repórter Fitness fizesse uma boa prova (foto: Rafael Santos/ Poços Já)

Perto da metade da prova, me sentia bem e fazia o percurso com tranquilidade, como mostra esse vídeo do professor Fernando Nascimento, que fez o apoio de todos os atletas da Nafar:

Completei a prova em 2h05, me sentindo muito bem. Os metros finais, já em Pocinhos do Rio Verde, foram de muita alegria, por saber que estava completando o meu objetivo com sucesso. Após cruzar a linha de chegada, no balneário de Pocinhos, muita alegria ao encontrar minha namorada Juliana, tão importante para que eu chegasse bem nessa prova. Alegria também de encontrar amigos e os colegas de equipe Nafar. Abraço de agradecimento no professor Fernando e, de quebra, aproveitei para curtir a música e a culinária da Festa do Biscoito. Um domingo realmente muito especial.

Para completar essa prova foram quatro meses de muito treino, de altos e baixos, pois ninguém consegue estar bem o tempo todo. A vida não é fácil para ninguém e o importante é ter amigos e parceiros que nos momentos difíceis te estendem a mão. Foi uma caminhada linda até aqui e, independente do futuro, valeu cada minuto. O Repórter Fitness me fez uma pessoa melhor e espero que tenho sido especial de alguma forma para todos que me acompanharam nessa jornada, seja correndo, seja apoiando, seja patrocinando ou seja simplesmente lendo, aprendendo e dando um retorno positivo do que estávamos fazendo. Muito obrigado a todos!

 

 

 

Patrocínio

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA