Patrocínio
Rafael Santos em acompanhamento com a nutricionista Josiane Cardillo (foto: divulgação)

Falta pouco para o grande dia. Neste domingo (28), mais de dois mil atletas estarão em Poços para os 16 km da 36ª Volta ao Cristo. Entre eles, eu, com a expectativa de terminar a prova, após menos de dois meses de treinamento. Nesse período, uma vitória já foi alcançada. Em 45 dias, perdi 4,8 kg, baixei de 80,3 kg para 75,5 kg, com manutenção de massa magra, e saí do quadro de obesidade.

A diferença no meu corpo é brutal. Não foi só o peso em si, tenho reduzido muito as medidas. O abdômen, por exemplo, saiu de 101 cm para 95 cm. Minha gordura corporal tem baixado significativamente, enquanto tenho ganhado bastante massa magra. Nos últimos 15 dias houve redução de 1,7 kg  e aumento de 550 g de massa magra. 

Patrocínio

O processo

Além de muito treinamento com o professor Fernando Nascimento e as aulas de pilates com a Dra. Jaque Vaz, o fator fundamental para eu ter conseguido perder peso e ganhar massa magra foi a soma de esforços entre a nutricionista Josiane Cardillo e Ana Cristina Geraldi, do L’Itália Gourmet, que está fornecendo toda a minha alimentação.

“Foi feita Avaliação Física Corporal, complementado com excelente e detalhada avaliação feita pelo professor Fernando (Nafar) e Anamnese Alimentar, respeitando estilo de vida, histórico familiar e as preferências alimentares do paciente. Devido ao pouco tempo para realização do evento, optamos por uma alimentação focada em preservar a massa magra (água, músculo e ossos) e que houvesse diminuição da gordura corporal e consequentemente do peso corporal, o que facilitará muito sua performance, porém sem radicalização da dieta”, me explicou Josiane Cardillo.

Ela lembra ainda  que a alimentação deve ser individualizada. Por isso, foram calculadas minhas necessidades nutricionais de acordo com meu peso, estatura, idade, sexo, atividade física e composição corporal .

A dieta

Dieta prioriza proteína, oferecida de forma saudável no L’Itália Gourmet (foto: Rafael Santos/Poços Já)

Josiane me propôs que a ingestão de proteína deveria se sobrepor à ingestão de carboidratos, visto que as proteínas formam um grupo de nutrientes essenciais, pois são responsáveis pela recuperação e construção dos músculos, auxiliando na recuperação pós exercício. Foi sugerida a retirada do carboidrato no desjejum. No almoço, uso uma quantidade estabelecida de carboidratos complexos suficientes para suprir minhas demandas energéticas. No jantar tenho que escolher carboidratos complexos em menor quantidade, dando preferência para somente um alimento deste grupo. Eu concordei em retirar os doces, refrigerantes e álcool de minha alimentação. Foi salientada a importância da hidratação, sugerindo a ingestão de pequenos goles de água durante a atividade física e garantindo a suficiente ingestão de água durante todo o dia.

Para obter os benefícios das gorduras alimentares, que regulam níveis de inflamação, aceleram a recuperação e promovem o aporte necessário de vitaminas lipossolúveis (A,D,E, K), foram incluídas na dieta carnes de todos os tipos, ovos e principalmente peixes do mar (salmão, arenque, sardinha e atum, entre outros), além de oleaginosas (castanhas, amêndoas, nozes, pistache, macadâmia, sementes de girassol , linhaça, abóbora e chia), azeite extravirgem e ainda a polpa de coco e o abacate, promovendo assim a ingestão de gorduras necessárias e saudáveis. Frituras foram excluídas.

A proprietária do L’Itália Gourmet, Ana Cristina Geraldi, está sempre de olho para que o Repórter Fitness siga a dieta corretamente (foto: divulgação)

L’Itália Gourmet

Como disse Josiane, a parceria do Repórter Fitness com o L’Itália Gourmet está sendo fundamental nesse processo de emagrecimento, pois consigo encontrar nas refeições a variedade de alimentos saudáveis indicados pela nutricionista. Além disso, a proprietária do restaurante, Ana Cristina Geraldi, está muito atenta às minhas necessidades, intervindo sempre que necessário.    

Proprietária do restaurante, Ana Cristina Geraldi supervisiona de perto a qualidade da alimentação (foto: Rafael Santos/Poços Já)

“Nossa contribuição com o Rafael nesse desafio foi proporcionar uma alimentação saudável, capaz de suprir suas necessidades diárias. No cardápio do L’itália consta uma variedade de saladas, frutas,  grãos germinados, a tão importante batata doce e ovos.  Temos nos pratos quentes vários tipos de proteínas, arroz integral e uma linha low carb. O que favorece energia para manter os treinos e consequentemente perda de peso sem comprometer sua saúde. Prova disso é que Rafael já eliminou 5 kg e está adquirindo massa magra para continuar seus treinos e com certeza cumprir a prova com sucesso”, afirma Ana Cristina.

Faltam poucos dias para a corrida. Agora é hora de reduzir um pouco a intensidade do treinamento e fazer a manutenção de tudo que consegui durante esses meses de preparação para a prova. Conto com a força de todos para, enfim, alcançar o sonhado objetivo. Até a próxima!

Patrocínio

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA