Patrocínio
Jogos aconteceram no ginásio Moleque César (foto: Rafael Santos/Poços /Já)

Dia 21 de setembro foi o Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência e, em comemoração a essa data, aconteceu entre os dias 19 e 21, no Ginásio Moleque César, na Cascatinha,  a 1ª Semana Paralímpica de Poços de Caldas. Durante dois dias foram realizadas as modalidades paralímpicas, com alunos da AACD, Adefip, AADV e alunos da rede pública e privada de ensino.

Responsável pelo Projeto Superar Limites no Paradesportivo, o professor Eraldo Sandi é o grande incentivador do paradesporto em Poços e destacou a importância da cidade ter recebido no último mês a Semana Paralímpica.

Patrocínio

“Eu fiquei muito feliz com a 1º Semana Paralímpica, comemorando a Semana da Pessoa com Deficiência, uma luta muito grande esse movimento. Integrando aos projetos Superar Limites e Desafiando Limites no Paradesportivo, com os alunos ditos normais jogando com alunos com deficiência, que acabaram ensinando, passo a passo, a forma de jogo. Isso se chama inclusão e esse é o objetivo do nosso projeto, mostrar para esse meninos a importância da inclusão e fomentar os esportes paralímpicos. Não posso deixar de destacar aqui a importância do apoio da Secretaria Municipal de Esportes e da Unimed, através da Lei Municipal de Incentivo ao Esporte e o DME, que é patrocinador direto dos Projetos Superar e Desafiando Limites”, destaca Eraldo.

Competição reuniu dezenas dezenas de atletas (foto: Rafael Santos/Poços Já)

Carlos Antonio Ronquini, da AADV, foi um dos atletas a participar da competição e ficou muito satisfeito. “Eu adorei participar do evento, faço parte do Projeto Superar há 13 anos e o esporte só trouxe benefícios na minha vida. A Semana Paralímpica foi um grande momento para nós”, exaltou Carlos.        

Lucas de Jesus Lopes, de  15 anos, da Escola Municipal José Raphael dos Santos Netto, foi um dos jovens a experimentar a esporte paralímpico pela primeira vez e a experiência ficará marcada para o resto da sua vida.

“Foi uma experiência maravilhosa, que nos deu a chance de nos igualarmos a eles, que se mostraram muito mais habilidosos que nós, mesmo com problemas que dificultam a vida deles. À partir disso que a gente começa a igualar tanto em habilidades como em percepção. Foi muito válido, vou usar isso para minha vida inteira”, confessou o jovem.

O secretário de Esportes, Wellington Guimarães, também destacou a importância do evento.  “Essa Semana Paralímpica foi muito especial, com a Secretaria de Esportes apoiando com a maior alegria. Queremos fazer inúmeros outros eventos como esse para que a gente possa trazer inclusão, atendendo o que eles tanto querem, que é oportunidade de fazer esporte. Os professores Eraldo e Leonardo podem sempre contar conosco”, afirmou o secretário.

Já o prefeito Sérgio Azevedo destaca que as pessoas com deficiência devem ter o apoio da Prefeitura não só no esporte, mas em todas as áreas. “Vamos apoiar cada vez mais essa turma, não só no esporte, a inclusão tem que ser em todas as áreas, na parte profissional também, na parte de modalidade também. Então, estamos atentos a essa situação, procurando trazer cada vez melhores condições para essas pessoas”, disse Sérgio.   

Prefeito Sérgio Azevedo entregou os troféus aos campeões (foto: Rafael Santos/Poços/Já)

   

Patrocínio

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA