Patrocínio
A equipe de vôlei masculino de Poços, campeã do Joju (Foto: divulgação)

Aconteceu no último final de semana (7 a 9), na cidade de Passos/MG, a fase final das competições de vôlei do Joju (Jogos da Juventude) e Poços conseguiu grandes resultados. No masculino, os comandados do técnico Alexandre Valverde conseguiram o título após oito anos sem vencer a competição. Já no feminino, o primeiro lugar não veio por pouco e as meninas de Poços, comandadas pelo técnico Renato Souza, ficaram com o vice-campeonato.

A equipe masculina de Poços chegou às finais do último final de semana na vantagem em relação aos adversários, já que havia vencido a primeira fase do Joju, disputada na cidade de Três Corações. Por isso, os meninos de Poços começaram os jogos com seis pontos de vantagem dos segundos colocados e confirmaram o favoritismo vencendo Guaxupé na estreia, por 2 sets a 1, e na sequência Extrema, Paraguaçu e Passos, por 2 sets a 0. A única derrota foi para Pinhuí, por 2 sets a 1.  

Patrocínio

“Viemos com uma vantagem de seis pontos na frente do segundo colocado. Mas, sabíamos que as equipes viriam reforçadas. Entramos na competição para manter essa frente e segurar ao máximo. Tivemos apenas uma derrota, por 2 a 1 para Pinhuí, em um jogo bem dramático, onde o Arthur, jogador nosso de fundamental importância, torceu o joelho, fato que afetou muito nossos atletas, sendo um dos principais fatores que fez a gente perder esse jogo. Mas, esse ponto do set que a gente ganhou fez diferença para nós”, conta o técnico da equipe, Alexandre Valverde.

O técnico Alexandre Valverde e seus atletas durante o Joju, em Passos (Foto: divulgação)

A equipe da Secretaria Municipal de Esportes de Poços chegou no último jogo, contra Três Corações, já campeã, mas se empenhou para terminar a competição com mais uma vitória. “Chegamos no último jogo, contra Três Corações, com uma pontuação em que não podíamos mais ser alcançados. Mas, mesmo com o título, queríamos vencer para não sair do campeonato com um a derrota. Por sua vez, a equipe de Três Corações veio lutando pelo segundo lugar. Colocamos o Enzo no lugar do Arthur, que teve uma contusão grave, e ele fez muito bem seu papel e não deu prejuízo algum. Com isso, ganhamos de Três Corações por 2 sets a 0 e saímos campeões duas vezes, porque acordamos em primeiro lugar e ganhamos a última partida”, relata Valverde.

O técnico do vôlei masculino de Poços comemorou muito esse título do Joju, já que o jejum de títulos nesta competição já durava 8 anos. “Essa vitória no Joju, para mim, é muito importante porque esse é o 28º Joju. Desses 28, eu fui campeão várias vezes e sempre estive no pódio. Mas, há 8 anos que não ganhávamos, desde que fomos campeões, em Poços de Caldas, em cima de Três Corações. Depois disso, perdemos títulos no tie break, passamos perto. Por isso, esse título teve um sabor muito grande. Foi um título muito difícil, tivemos uma sequência muito grande de jogos e eu saí da competição completamente esgotado, assim como toda a equipe”, revela o treinador de Poços.        

 

Feminino

 

No Feminino, a equipe da Secretaria Municipal de Esportes também fez uma grande campanha. Porém, acabou perdendo o título, por pouco, para Três Corações.

As meninas do vôlei de Poços, vice-campeãs do Joju 2017 (Foto: divulgação)

As meninas de Poços venceram a tradicional equipe de Arcos por 2 sets a 0, Itaú de Minas por 2 sets a 0 e Pinhuí por 2 sets a 1, chegando para o jogo contra Três Corações, que estava em primeiro lugar na classificação, precisando vencer. No primeiro set, Poços venceu por 25 a 23. Mas, no segundo set, as meninas tomaram a virada quando ganhavam de 20 a 17, o que desestabilizou o time, que acabou perdendo a partida por 2 sets a 1. No último dia da competição, as meninas de Poços ainda venceram Guaxupé e Paraguaçu por 2 sets a 0, terminando o Joju com 33 pontos, apenas dois pontos atrás da campeã Três Corações.

“Fizemos seis jogos no total, nos quais vencemos cinco e perdemos apenas um, para a equipe campeã, em um jogo muito emocionante. Com isso, conquistamos a prata que, para mim, valeu ouro. Está é uma competição de um nível muito bom e as nossas meninas jogaram tudo que podiam, era nítido o esforço delas. Fiquei muito contente com a segunda colocação, pois evoluímos muito nos últimos três anos. É um trabalho do dia a dia e pudemos representar a nossa cidade com 100% das meninas poços-caldense. Gostaria de parabenizar as meninas e agradecer a nossa Secretaria de Esportes por nos permitir participar desta competição”, diz o técnico da equipe feminina de Poços, Renato Souza.

 

Patrocínio

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA